New York 2017, Pão com Ovo em NY, USA

Pão com Ovo em NY – Dia 7

Sétimo dia já tá batendo aquele ranço de que tudo está prestes a acabar 😦 Domingão ainda…Mas bora lá, tem muita coisa ainda pra visitar, lugares para passear… Pense nas duas perdidas procurando uma padaria para tomar nosso café da manhã e a padaria estava na nossa cara o tempo todo ? O nome da padoca é Bakery Tisserie . Tinha visto no Google e fiquei com muita vontade de ir. Mas rodamos……. rodamos, e estava ali, na nossa frente ! Olha que quase desistimos do lugar pois o tempo estava passando e a gente atrás dessa bendita padaria. Mas digo uma coisa, delicinha ! valeu a pena ficarmos perdidas e andarmos um monte, a padaria é tudo de bom e o sanduiche de croissant com queijo e peito de peru estava dos Deuses. Tisserie, recomendamos.

Ficamos um tempão lá ! estava bem friozinho nesse dia, Domingão de manhã, a cidade um pouco calma, sabe ? estava bem próximo ao Natal, na semana do Natal, mas acho que os turistas ainda estavam dormindo em seus hoteis. Nós não pegamos fila nem uma vez em Nova York, pois sempre estávamos à frente dos demais turistas , sempre chegávamos cedo aos lugares e quando estávamos saindo era o horário que o povo estava chegando e já estava lotado. Mas sabe, eu sempre fui assim com minhas viagens. Gosto de acordar cedo e sair cedo, para aproveitar bem o dia. Acho um desperdício de tempo e dinheiro quem fica enfiado em hotel, nossa, nem imagine, gente doida ( conheço um monte haha  ). Aí as pessoas falam que não gostam de ter hora para acordar nas férias ….. aí eu só digo : affffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffff . Não é hora para trabalhar, é hora para passear, é um prazer acordar cedo e já se jogar na rua ! nunca vão entender… Já sabem, quem quiser viajar comigo, saiba que não saio do hotel às 11:00 da manhã não !

Hoje nosso dia em Nova York foi curto pois tínhamos um ônibus para pegar à meia noite e no próximo post eu conto direitinho para onde fomos. Mas mesmo assim aproveitamos muito esse domingão, pois fomos em um dos lugares mais legais em um dos bairros mais legais de Nova York, o Chelsea Market ! aquele mercado lindo, chique, que tem de tudo, sabe ?  Como descemos a pé, passamos pela Union Square que é perto e passeamos pela feirinha de Natal que estava acontecendo lá.

O Chelsea Market é um charme em pleno bairro Chelsea que é um bairro muito charmoso de Nova York e recomendo muito. Eu adoro esse lugar !

Bom, não aguentei e novamente eu fui comer no Lobster Place, que na minha opinião é o melhor lugar para almoçar no Chelsea Market. São frutos do mar em geral mas com a especialidade e carro chefe a lagosta. Lagosta inteira na manteiga, sanduiche, sopas, cremes, tudo com lagosta e outros frutos do mar. O carro chefe deles é o Lobster Roll, que é um sanduiche de lagosta (vem muita lagosta !!!!! ) acompanhado com batata chips. Que delícia !

E de sobremesa fomos no Amy’s  Bread. Uma padaria meio confeitaria muito fofa e charmosa ! pedi um devil’s cupcake, sabe aquele chocolatão super meio amargo que quem não curte muito simplesmente odeia ???? então, esse é pra mim, eu amo cacau puro !!! gosto do gosto do cacau e não do açucar, por isso foi perfeito pra mim.

Depois ainda passamos em alguns supermercados………… gente eu adoro supermercado americano ai meu Deus !!!! rsrsrs

No inicio da noite decidimos ir ao hotel para dormir um pouco , pois logo à  meia noite já teríamos que pegar o busão e viajar !

SALDO PÃO COM OVO SÉTIMO DIA

Café da manhã no Tisserie : 9,50

Almoço no Lobster Place ( Chelsea Market ) : 21,45

Amy’s Bread (cupcake ) : 7,00

Anúncios
New York 2017, Pão com Ovo em NY, USA

Pão com Ovo em NY – Dia 6

A mentalidade do brasileiro mediano é muito engraçada. Eu simplesmente não acompanho. Já me perguntaram em outras viagens quando é meu “dia de compras” …. dia de compras ? acho que nunca tive isso na minha vida inteira.Gente, eu não tenho dinheiro para sair comprando ou ter dia de compras. Somente se eu vejo algo que gosto pelo caminho . “Dia de compras” é sinônimo de viagem ao exterior para muitos brasileiros e para mim parece aqueles infernos astrais que nunca acabam , sabe ? “Dia de compras” não existe no meu dicionário nem no Brasil. Eu jamais pensaria em sair de casa para um dia de compras. No máximo vou ao supermercado com uma listinha. E quando preciso comprar um sapato eu saio para comprar apenas um par de sapatos. “Dia de Compras” numa viagem ? nunca ! imagine eu tirar um dia, uma tarde, quem dirá 2 horas para ir atrás de coisas para comprar e deixar o mundão lá fora para eu explorar ??? ( jura que vocês fazem mesmo dia de compras ? ) Aí que eu vejo como o brasileiro tem dinheiro, misericórdia, me sinto uma viajante paupérrima quando vejo outras pessoas.

Ahh…. sabadão em NY ! nosso brunch de hoje foi num lugar tão, mas tão fofo ! que olha…. recomendo demais ! vocês tem que anotar essa dica : Penelope. Não tivemos espera na chegada , mas quando saímos, a fila já estava grande para o brunch. Afinal, era o sábado antes do Natal e a cidade já está muito lotada. Penelope, que charme !!! Fomos muito bem atendidas, e o que pedimos estava simplesmente divino. Era um croissant com ovos, bacon e molho pesto .. ( sou a louca do melho pesto, adoro ! ). Também pedimos um tipo de cinnamon roll (meio diferentão), aquele pão doce cheio de canela, especiarias, frutas secas, muitas castanhas… ai que delícia.

Flatiron Building, como não passar por ele ? um charme ! e toda a Madison Square estava cheia de neve, já que no dia anterior nevou muito.

O Eataly é ali em frente , mas só entramos para usar o banheiro…. rs . Eu gosto do Eataly, mas já fui várias vezes, em São Paulo também já fui, é meio que o mesmo do mesmo. Mas pra quem não foi, recomendo sim que almocem por lá, passeiem, pesquisem alguns produtinhos pois tudo é show .

Coney Island. Ahhh, eu queria muito ir. Muito ! é praia ! é parque de diversão ! sempre quis ir.  Fomos. Mais de uma hora no metrô, até chegarmos num lugar onde só havia a gente dentro do trem. Mas é longeeeeeeeeeeee ………. Coney Island é um destrito de Nova York onde tem uma área enorme de recreação em frente à praia , que pelo visto, funciona somente no verão.

Tudo muito vazio, ninguém por perto…. a não ser a moça de uma loja de doces , que parecia estar lá abandonada . Entramos na loja e tinha umas coisas bem legais e gigantes..rs… mas ninguém, ninguém passando, ninguém na loja, ninguém na rua.

O Parque de diversão está fechado. Os brinquedos parecem mais aqueles de filmes de terror. O famoso ciclone parece algo que está largado lá há mais de cem anos. Não há vestígios de civilização. Mas certeza há almas. risos

Continuamos procurando civilização e não encontramos. Coney Island é realmente uma ilha, mas bem deserta, especialmente no inverno. E as pessoas que moram lá ? cadê todo mundo ?

Coney Island , na nossa experiência, é um lugar definitivamente mal assombrado. Certeza ! imagina esse lugar à noite ? hahahah misericórdia ! gente, as lojas tem um look muito mal assombradas, com cara de abandonadas há muitos anos. Olha, amei conhecer Coney Island, eu já tinha uma ideia do lugar, mas agora posso dizer que amei. Eu sou fascinada por lugares inóspitos . Bom, acho que está na hora de ir embora ! só fomos encontrar civilização num Mc Donald’s por perto, onde paramos para ir ao banheiro e usar um pouco o wifi.

Depois de mais de uma hora, chegamos em Manhattan ……. e ainda no caminho do metrô  fizemos uma paradinha para um café no Dean & De Luca, lugarzinho que adoro. É um empório/cafeteria onde tem o melhor black & white cookie do mundo inteiro ! por falar em mundo inteiro, não tem povo mais grosseiro e sem educação que italianos. As experiências são muitas ao redor do mundo, acho que batem a grosseria dos parisienses. Mais uma experiência de má educação e gritaria intensa com turistas italianos na cafeteria o que fez a gente sair dali rapidinho !

Subimos para a 5th Avenue para dar umas voltas………… e pense ! estava simplesmente um formigueiro, não dava quase para andar. Aí demos uma passada na icônica loja de departamentos – que não é pro nosso bico – Bloomingdales. As vitrines da loja são demais ! haha… adoramos.

 

Decidimos descer para ver se conseguíamos ver a árvore de Natal no Rockfeller Center e a resposta obviamente foi negativa. Muita gente, parecia uma pista no show do Guns n Roses, não se via nada, não se conseguia andar, estava simplesmente impossível !

“Ahhhhh que brega, que mico ir ao Times Square !” sabe o que eu acho mico ? mico é não ser feliz, mico é ficar o tempo todo preocupado com o que os outros vão pensar de você. Mico é não rir do nada, mico é não ser bobo, mico é não aproveitar a vida. Times Square, adoro. Ah ! a lojinhaaaaaa da Disney estava toda em promoção. Pra quem gosta, um prato cheio. Entramos só pra tirar foto hahaha

Ainda tinha alguma neve na rua ….

Gente , acho que já deu né ? até bairro mal assombrado nós visitamos hoje ! Só sei que a noite fomos logo para o hotel, com um sanduíche bem simples no pão de forma, mas acompanhada de um cheesecake maravilhoso para comer na cama, assistindo Friends. A vida é boa. ❤

SALDO PÃO COM OVO SEXTO DIA

Brunch Penelope : 22 dólares

Sanduiche Pret a Manger : 4,50

Cheesecake Junior : 7,50

New York 2017, Pão com Ovo em NY, Philadelphia, USA

Pão com Ovo em NY – Dia 5 – Philadelphia

Port Authority, esse foi o nosso destino às 05:00 da manhã. Port Authority é o nome da rodoviária de Nova York, que fica bem atrás do Time Square, bem no centrão da cidade, e perto do nosso hotel. Uma caminhadinha leve e fria às 05:00 da manhã .

Philadelphia é o nosso destino final. O ônibus parecia o Cometão que pegamos aqui em SP, mas a rodovia não parecia nada com a Castelo Branco..rs. Fomos dormindo, claro. Quando eu abria os olhos eu só via neve do lado de fora. Dentro eu estava torcendo para que Philadelphia não esteja coberta de neve totalmente. A intenção é caminhar bastante por lá e visitar os lugares à pé.

Sabe aquele casal de americanos que você quer que te adotem ? foi um casal assim que encontramos no nosso café da manhã no mercadão de Philadelphia. Tão simpáticos e gente de verdade ! E o mais importante, compartilhamos do mesmo humor, ou melhor, estávamos morrendo de rir de uma situação um tanto inusitada. Eis que chega uma senhorinha com seu marido para se sentar no mesmo balcão que estávamos, e ela simplesmente tira vários produtos de limpeza da bolsa, um kit de limpeza, e começa a limpar todo o balcão onde ela iria comer, também limpou o banco e colocou uma proteção nele antes de se sentar. Fez toda a limpeza dos talheres também. Depois tirou uma cruz de madeira enorme da bolsa e começou a encostar nas pessoas ao seu lado. Morremos de rir. Momento único. risos.

Enfim…nosso café da manhã foi maravilhoso, pois foi no icônico e histórico mercado da Philadelphia, o  Terminal Reading Market, onde recomendo a todos ! É o mercadão público mais antigo de toda a America , vocês acreditam ? muita história esse mercado ! Funciona desde 1893 e abriga centenas de fazendeiros vendendo seus produtos. É uma parada obrigatória da cidade e o principal lugar onde o povo Amish vende seus produtos da fazenda. Muitos stands amish com vários produtos produzidos organicamente em seus sítios. Lugar maravilhoso e obviamente fomos tomar café da manhã num lugar Amish do mercado.

Tomamos café no Dutch Eating Place. Claro que estava lotado, mas conseguimos um lugarzinho no balcão. Letícia pediu panquecas de blueberry e eu pedi french toast e bacon. Estava tudo uma delícia ! as panquecas da Letícia eram enormes ! bem caseirona mesmo, sem frescura, mas uma das melhores que já comi. Tudo muito gostoso. Se eu ficasse alguns dias na Philadelphia eu ia querer experimentar muitas outras guloseimas do mercadão.

Saímos andar pela cidade ….. é uma boa caminhada até chegar no lugar onde queríamos ir.

E claro que nosso destino principal da cidade era o Liberty Hall, Independence Hall, o sino da Independencia ( Independence Bell ), onde o tour é totalmente gratuito e muito interessante !

Aqui você aprende sobre toda a história da independencia dos Estados Unidos e ficamos apaixonadas com nosso guia, que explicou tudo com muito entusiasmo sobre a a Declaração da Independência que aconteceu nesse lugar , na Philadelphia.

Depois de todo o passeio que fizemos pela cidade de Philadelphia …….

Começou a nevar…. muito ! mas foi um toró de neve, uma nevasca insuportável (já passei tanto por isso na minha vida … ), que olha…. pra Letícia acho que foi o momento mais feliz da viagem, e pra mim, bom, eu só queria entrar no ônibus logo e ir embora. Mas tínhamos uma bela caminhada ainda debaixo de muita neve, até chegar ao terminal rodoviário.

Chegamos na rodoviária e adivinha …… as passagens para Nova York estava todas esgotadas, com ônibus só à meia -noite. Mas aí encontramos uma alternativa, uma outra companhia de ônibus que também faz Nova York e pegamos o ônibus de volta ! Agora o ônibus…. risos… aquilo era uma circular que faz Tatuí – Cesário Lange, ou Sorocaba – Araçoiaba ..rsrs..(pra quem é paulista dessa região sabe muito bem o que estou falando ! ).

E ainda tem história pra contar……… !

Depois de um atraso horroroso e muito tráfego na estrada de volta, ainda chegamos em Nova York para bater perna hahahah… fomos jantar num lugarzinho super lindo e fofo em Chelsea onde a Letícia encontrou o homem de sua vida. Sim, verídico. Encontrou e perdeu, claro.

Sabe aqueles encontros no metrô que não dão em nada ? pois é …. ele até veio falar com gente na saída do metrô , pois estávamos com dúvida que saída pegar para ir à esse restaurante. Ele nos ajudou, Letícia não disse nada, os dois ficaram somente se olhando, e foi ! foi pra nunca mais né ? o que custava dizer o nome pelo menos,hein Letícia ? pra mim ele tinha cara de David…. bom, seguimos com a vida.

O restaurante se chama de The Meatball Shop. Meatball = almondegas. Um restaurantezinho super descolado no bairro mais descolado de Nova York, cheio de gente bonita. Estava bem gostoso , pedimos massa com almondegas. Claro que a minha massa foi ao molho funghi ( eu adoro cogumelos ! ). O da Leticia foi molho a base de parmesão.

Cansadas ! voltamos logo ao hotel, já estava muito tarde, mas para a nossa felicidade Friends ainda passava na TV.

SALDO PÃO COM OVO QUINTO DIA

Café da Manhã em Philadelphia no Dutch Eat Place : 8,00 dólares

Jantar em NY, no The Meatball Shop  :  20 dólares

New York 2017, Pão com Ovo em NY, USA

Pão com Ovo em NY – Dia 4

Acho que agora é oficial : está nevando à beça ! Acordamos por volta das 07:30 e a neve caía lá fora pela janela. A neve não me incomoda muito, mas prefiro andar pela cidade sem ela caindo, o que dificulta nossa locomoção e muitas vezes por causa da neve e de nevasca, fizemos muito menos do que planejamos, claro. Tudo fica mais difícil com nevasca, mas acredito que não é o caso ainda . Daqui a pouco pára. Enquanto isso, TODAY SHOW  na TV, nosso noticiário favorito, e bora se arrumar para sair !

Hoje nosso brunch foi no Buvette. Um lugarzinho super fofo e descolado, com gente bonita , em um dos bairros mais desolados de Nova York, em Chelsea. Adoramos o lugar e amamos o que comemos. Pedimos ovos mexidos com presunto cru numa torrada deliciosa.

E tinha uma atriz muito famosa sentada na mesa ao lado. Ninguém a incomodou, então decidimos ficar bem quietas também, já que ela estava sozinha tomando seu café e lendo um livro. É uma atriz hollywoodiana bem famosa mesmo, aliás assisti o Golden Globes e a vi na TV essa semana. Ela ficou o tempo todo ali do nosso lado. … Ela é irmã do ator Jake Gyllenhaal, o nome dela é Maggie” Gyllenhaal. Ahhh que vontade tirar uma foto com ela ! mas nos comportamos e só ficamos ali, observando . risos . ( ela é alta pra caramba !!!! )  Ela e o irmão na foto abaixo : ( ela é idêntica à essa foto, só o cabelinho q estava bem seboso, mas quem nunca ).

Para a alegria da minha amiga, tinha neve por todo lugar. Ah, New York é uma delícia, mesmo com neve ( e eu não gostando muito da ideia ), devo confessar que dá um charme especial, ainda mais na época natalina. Nova York foi feita para nevar mesmo. Adoro os bairros Chelsea, Village, Greenwich. É onde você mais vê aqueles prédios típicos com aquela escadinha de entrada , as escadinhas de incêndio, etc. Acho tudo muito típico em Chelsea. Já que estávamos no bairro, fomos até a Washington Square,que é uma praça, onde se encontra o arco que foi construído para comemorar o centenário da posse de George Washington como presidente dos Estados Unidos.

Depois disso começou a andança. Primeiro metrô, até a Brooklyn Bridge ( ponte do Brooklyn ). Por que não atravessar a ponte inteira ? Pois foi isso que fizemos , atravessamos a ponte toda e paramos lá no Brooklyn.

Do outro lado da ponte tudo estava coberto de neve, ainda mais que Manhattan. Estava lindo, realmente. É uma boa caminhada, mas recomendamos muito.

Um lugar que eu não tinha ido da outra vez foi no Brooklyn Ice Cream Factory. Queria muito tomar o sorvete de lá ! é uma fábrica de sorvetes e sorveteria que antigamente, na década de 20 era um farol para os barcos. O sorvete é único e os sabores são maravilhosos. Gelo, neve , sorvete, por que não ? Essa hora estava muito frio. Tínhamos caminhado bastante, estávamos geladas e o sorvete nos acalmou. Até saiu um solzinho. Encontramos um cachorro louco pelo caminho que quase derrubou nosso sorvete, mas fora isso, só calmaria.

Pelo Brooklyn mesmo ,depois do sorvete , decidimos tomar um chai numa cafeteria bem charmosinha. Para esquentar antes de voltar para o hotel, já que nesse dia estava bem gelado o tempo. Frio e neve, do jeito que brasileiro gosta.

Bom, nosso jantar de hoje foi no Shake Shack, considerado um dos melhores hamburguers de rede de fast food . Eu gosto. Letícia também gostou. E a tradição continuar – hotel – Friends na TV, banho quente, cama.

Conselho do dia — nunca, mas nunca mesmo, puxe um fio de sua roupa, por que você pode ficar pelada na rua e desfazer a roupa inteira … risos. Eu puxei um pequeno fio da gola da minha blusa e fiquei assim o dia todo…….

SALDO PÃO COM OVO QUARTO DIA

Brunch no Buvette : 25,00 dólares

Shake Shack  :  12 dólares

New York 2017, Pão com Ovo em NY, USA

Pão com Ovo em NY – Dia 3

Eu gosto do terceiro dia da viagem, não tanto como o dia 2. Mas o dia 3 é bom, é uma mistura de emoção e entusiasmo de que ainda acabamos de chegar e estamos no início da viagem com aquele sentimento de que já fizemos tanta coisa ! parece que estamos aqui há semanas ! esse sentimento é bom ser sentido no comecinho da viagem. No final, nunca. Eu me policio toda hora que quero falar que parece que estamos ali faz muito tempo, por que sei que isso terá um gosto muito amargo quando estivermos perto do fim. Mas ainda é o dia 3 e o sentimento é só felicidade e vontade de fazer mais.

No terceiro dia você já está decorando os canais da TV do quarto do hotel . Isso é ótimo quando acordávamos, para nosso noticiário favorito do mundo – TODAY SHOW e à noite quando voltávamos “pra casa “, sabíamos onde encontrar Friends na TV. Era a nossa casa, tudo estava tão gostoso e familiar. O terceiro dia é bom. Tudo é muito familiar.

O frio estava bem intenso no dia 3. Na verdade o vento era o pior inimigo e todos estavam congelados nas ruas. Letícia disse que nevou de madrugada, ela viu pela janela do hotel quando acordou para ir ao banheiro. Mas nevou pouquinho. Pelo jeito o frio ficou pra ficar.

Ah ! o café da manhã ! uma hora muito feliz no nosso dia 🙂 e hoje especialmente , pois fomos no meu lugarzinho favorito para comer os melhores bagels da cidade ! bagel clássico com cream cheese é sempre o meu pedido. Gosto do clássico. Café , preto, pelando. Amo. Ah ! o bagel tem que ser tostadinho, TOASTED, please ! Esse foi nosso café no Best Bagels and Coffee, pertinho do hotel, adoramos. ahhhh que delícia … (sim, vem 1 kg de cream cheese dentro do pãozinho. Sim, eu sou a louca do cream cheese )

Subimos ( quando eu falo subimos, é que subimos mesmo, à pé, na Broadway , subimos ! ) e chegamos ao Top of the Rock, no Rockfeller Center, que também é um outro observatório da cidade onde todos vão e que também fazia parte do nosso City Pass. A cidade é muito linda vista de lá , o legal de ir ao Top of the Rock, é que você tem a vista do Empire State Building, e posso garantir que é linda.

Depois para aproveitar o frio intenso que estava fazendo, as duas loucas se jogaram ao mar ….hahaha…então, descemos para pegar o barco para nos levar à Estátua da Liberdade , que também fazia parte do nosso City Pass. O percurso é lindo pois vemos Manhattan de longe e a skyline é a minha favorita. Acho que o mar estava meio agitidinho…risos… o barco estava dando uns trancos que olha, misericórdia kkkkk

Minha amiga Letícia estava ok no início do passeio mas depois teve um colapso de desespero e tinha certeza que ia morrer de frio. Morrer literalmente mesmo gente, tipo, perder as mãos,os pés e todas as extremidades. Para ela , o corpo dela já não tinha circulação e o único destino era a tão dolorosa morte. Morrer em NY , nada mal. Mas como sou a macaca velha do frio russo, eu quase que dei umas chapuletada na cara da amiga para voltar a si do colapso. A convenci que ela não ia ficar sem as mãos e as extremidades e estava tudo bem. Enfim, entramos na cafeteria para nos aquecer e a bicha voltou ao seu estado normal. risos

E a tia dos esquilos ataca novamente…… gente, eles vêem até mim e ainda fazem a pose. É sério.

O sol depois voltou a nos aquecer e caminhamos pela Wall Street,agarramos o saco do touro (Charging Bull), e a sorte voltou para a nossa vida. Até o frio parece que diminuiu, saco poderoso !

Letícia se sentiu mais forte e com a energia renovada depois do saco do touro de Wall Street.

Próxima parada — Memorial do World Trade Center e toda aquela coisa linda e triste . Fomos ao Memorial, ao Museu, Ground Zero e também Oculus, aquele shopping que fizeram no lugar das torres gêmeas. O museu é triste gente, sei lá, é a história viva ali, principalmente uma história que pra nós, da minha idade , está muito viva e sempre muito lembrada . Acho que pra quem era criança na época não significa muito, mas pra gente , olha, foi um marco em nossas vidas, fala sério. Não tem como não se emocionar. A proposito, adoro essa região de Wall Street ! minha favorita, depois de Chelsea.

Saímos de lá já estava noite. Sapeamos por umas lojas por perto …. e seguimos para o hotel. Hoje foi punk ! Fizemos tanta coisa ! lá vem o sentimento que parece que estamos na viagem há um mês……… já fizemos tanta coisa !

Já era noite e decidimos pegar uma saladinha no Pret a Manger e levar para o hotel, coisa básica. Não quisemos sentar num restaurante hoje. Chegando no hotel, banho pelando ( imensamente frio ), Friends na  TV , cama e estômago feliz.

SALDO PÃO COM OVO TERCEIRO DIA

BEST BAGEL & COFFEE : 5,00 dólares

Pret a Manger :  10 dólares

New York 2017, Pão com Ovo em NY, USA

Pão com Ovo em NY – Dia 2

Pessoas que começam a falar com você no meio da rua , assim ,do nada… Sabe aquele povo que adora contar a história da vida na fila do banco ? pois é, sempre me acontece quando estou nos USA. Os americanos são meio assim, não todos claro,talvez até uma minoria, mas isso sempre me acontece no país,diferente dos países da Europa, onde raramente isso me ocorreu. É… a América me agrada muito. Já troquei muitas vezes pelo exótico,mas na verdade eu prefiro mesmo o confortável e familiar(devo estar ficando velha). Na Rússia era meio assim também, mas os russos geralmente vinham falar com a gente para brigar por algo, reclamar de algo ou coisa assim. Era engraçado, cada flash era um barraco.

Hoje o dia começou bom, muito bom. Segundo dia, temos a viagem inteira pela frente ! ainda não bateu aquela deprê que dá na metade da viagem, já imaginando tudo se acabar. Nossas cabeças estavam tranquilas mas ao mesmo tempo cheias de planos e intenções. O segundo dia de toda viagem deveria durar para sempre. As expectativas são as melhores ! e o acordar então ? é a melhor manhã da vida ! Nova York estava ali aos nossos pés para ser explorada e apreciada.

Dia cinza é dia de museu, esse é meu lema. Já tínhamos visto que o dia ficaria assim o tempo todo então partimos para o Natural History Museum  e Metropolitan Museum (MET), dois lugares que recomendo muito que visitem em Nova York ! Mas antes, o brunch.

Nosso café da manhã foi chamado de brunch a viagem inteira, primeiro por que comíamos de verdade ! fizemos questão que nosso café da manhã seria tipo um almoço mesmo. Segundo lugar, nós combinamos de não almoçar , só tomaríamos café da manhã e jantaríamos,então nosso café imediatamente virava um super brunch com direito a quase tudo !

O lugar se chama Alice’s Tea Cup . Sabe a xícara de Alice no País das Maravilhas ? isso mesmo, fomos transportadas para lá. No caminho uma senhora nos acompanhou alguns quarteirões conversando sobre a vida, sobre os filhos, os netos,enfim, aquela conversa gostosa de um estranho muito gentil. Foi ótimo para o inglês da Letícia, e melhor ainda saber que ela entendeu praticamente tudo. Americano é um povo jóia.

Alice’s Tea Cup tem alguns endereços em NY e cada endereço é chamado por capítulos, como se fosse o capítulo do livro mesmo. Alice’s Tea Cup Chapter I foi o endereço que fomos tomar nosso brunch. Lugar lindo, fofo e todo dedicado à obra. Fomos atendidas por um garçon também fofo,zen, que deveria ter fumado umas ervinhas antes do expediente. Lugar relax, tranquilo, fofo e charmoso. Não poderia ser melhor. Simplesmente amamos. Pedi ovos benedict que são meus favoritos ! e vieram acompanhados por umas batatinhas. Batatas no café da manhã ?isso mesmo…. coisa que a gente faz fora de casa, sabe ? afinal, era nosso brunch !

O Natural History Museum é pertinho do café então logo já fomos para lá. É um museu onde já estive em NY, em Londres várias vezes, enfim, é um museu muito interessante, muito interativo, eu recomendo mesmo principalmente para as pessoas que gostam de história e ciências. É bem divertido, e como fazia parte do nosso City Pass, claro que tínhamos que aproveitar.

Depois fomos a pé, cruzando o Central Park, para o Metropolitan Museum. Só que não. Pelo menos no início não foi o que aconteceu e claro que nos perdemos um pouco no Central Park.risos. Tudo bem se perder na paisagem linda e bucólica do Central Park,rendeu muita foto, isso sim ! mas no final das contas as pernas estavam bem cansadas dos caminhos errados que pegamos e os extra miles que andamos. Foram milhas sim. Mas hey ! era apenas o segundo dia da nossa viagem e o pique estava ali, intacto !

A tia dos esquilos ataca novamente ! e é claro que eles posam para mim …

No caminho para o Metropolitan, só para ter certeza que estávamos no caminho certo, paramos um americano para pedir a direção e ele aproveitou para dar duzentas sugestões dos museus para visitar e especialmente não visitar. Adoro pessoas espirituosas que encontramos pelas ruas, Nova York tem um “Q” especial sobre esses encontros. Enfim, fizemos o MET – Metropolitan Museum e não tem como não amar ! coleções e mais coleções clássicas , até quem não gosta de arte, gosta do MET. Impossível não ir. História – Arte – Cultura – um bom motivo pra viver nessa vida ridícula e injusta. risos

Como não medimos esforços e adoramos andar principalmente quando não estamos precisando, descemos toda a Quinta Avenida, desde o Central Park e quase morremos de andar. hahahah. É que adoramos andar. Ainda queimando o brunch do País das Maravilhas, entendem ? Dia cinza, úmido, chuvinha, frio… fomos direto para nosso café londrino favorito – Pret a Manger. ( nossa cafeteria favorita desde Londres,só quem conhece vai entender )

Tudo isso porque hoje ainda tínhamos um show para assistir ! Sim, o clássico Rockettes no Radio City Music Hall, Yes ! Pois bem, voltamos para o hotel no final da tarde para o banho, se arrumar,pois a noite seria longa. The Rockets é um espetáculo clássico que é apresentado desde 1925 e no Natal o show é especial com tema natalino. Muita gente vai,principalmente turista americano, pois é um clássico da América e muitos estrangeiros não conhecem essa história toda. Acho que começou a nevar na fila para entrar …….. e o frio estava ficando muito intenso. Ainda bem entramos logo. O show é bem legal, recomendamos também !

Saindo do show,já tarde, passava das 22:00, morrendo de fome …… fomos parar no Bubba Gump ! sabe aquele restaurante do Forest Gump ? rs.. bem ali na Time Square ! era uma terça feira e não estava tão lotado, ainda bem, pois o lugar costuma encher muito . São frutos do mar basicamente. O lugar é bem divertido, com garçons super brincalhões, informais e simpáticos. Os olhos foram maiores que a fome……. pra variar ! pedimos igual à mesa ao lado. Um mix de camarões, lagosta, peixes empanadinhos , com batatas fritas e molhos maravilhosos. Realmente estava uma delícia. Jantarzinho dos deuses, forrou o estômago , buchinho cheio, para ter uma noite de sono bem gostosa. rs

Só que…….. já era meia noite. O frio era muito grande. O vento estava demais e estava batendo – 6C. Fomos ao hotel à pé. Os quarteirões eram poucos , mas naquela noite foi uma eternidade. Fomos batendo o queixo de frio até o hotel e reclamando do vento. risos. A gente corria e não chegava nunca ! cabeça baixa, luvas, touca, sem virar a cabeça, sem olhar do lado, só prestando atenção nos semáforos. Foi assim nossa volta. Hotel, banho quente e CAMA ! Previsão de frio intenso para o terceiro dia de viagem ………

Observação : hoje nossas refeições foram em lugares mais caros, o que compensou o primeiro dia que gastamos super pouquinho com as refeições.

SALDO PÃO COM OVO SEGUNDO DIA

Brunch Alice’s Tea Cup : 25 dólares

Jantar Bubba Gump : 35 dólares