Seattle – Volunteer e Viretta Park [Soundgarden e Nirvana]

24 de abril de 2017 4 comentários

Como eu estava falando no post anterior sobre minha paixão pelo cenário musical de Seattle e toda a conexão que eu tive lá, eu tive que ir a esses lugares, que hoje em dia são ícones de uma época que não existe mais. É muito difícil encontrar vestígios dessa época grunge de Seattle, pois a maioria dos estabelecimentos fecharam com o decorrer do tempo e os sinais foram desaparecendo time after time, mas mesmo assim, se você pertencia a essa época, você consegue enxergar , como falei no post anterior. [ se quiserem entender mais a fundo, leiam o post anterior ]



Um lugar bem marcante para quem amava ou ama, como eu, a banda Soundgarden e Chris Cornell, é o Volunteer Park. Além de ser um parque lindo, muito arborizado, onde se enxerga o Space Needle de lá e recomendo para qualquer turista, tem uma escultura que nos leva ao período grunge em questão. Essa escultura se chama Black Sun, de 1969. Essa escultura foi a inspiração da música Black Hole Sun , da banda Soundgarden, música icônica dessa época, com o video clip onde aparece abstratamente essa escultura do Volunteer Park.






O vídeo do Soundgarden, vocês conseguem enxergar a conexão com a escultura ???

Como chegar no Volunteer Park saindo do centro de Seattle ? Bom , pegue o ônibus 49 LOCAL na Pike Street com a 4th Street, rumo ao University District Broadway, e desça na 10th Avenue com Prospect Street. o parque está bem na sua frente .






Outro lugar que virou ponto turísticos dos fãs do grunge da época é o Viretta Park. O Viretta Park fica no bairro onde Kurt Cobain morou e viveu seus últimos momentos com Courtney Love. E nesse parque há um banco onde ficou sendo o símbolo de Kurt Cobain, o memorial do cantor. Boas línguas dizem que Kurt costumava sentar-se nesse banco, e obviamente as más línguas [eu as chamo de urubus ] dizem que realmente não há prova que isso tenha acontecido. Só sei que esse banco ficou sendo o memorial para o Kurt Cobain e todos os dias fãs do mundo todo vão para esse banco , nesse parque, prestar sua homenagem. Há muitas coisas escritas nesse banco para sua homenagem, algumas flores, e também algumas coisinhas que Kurt gostava como cigarros, etc… Eu fui para esse parque bem de manhã, fiquei meio perdida pelo bairro lindo e arborizado perto do Lago Washington, estava totalmente sozinha pela vizinhança até encontrar o Viretta Park e o banco de Kurt… o dia ainda estava amanhecendo e não havia ninguém no parque ou pelo bairro todo. Dia lindo. Fiquei lá um pouco nesse banco e até eu pegar o ônibus de volta para o centro de Seattle, realmente não vi ninguém. Era sábado e foi a primeira coisa que fiz no dia.






Eu também deixei minha homenagem no banco …

Como chegar no Viretta Park partindo do centro de Seattle ? pegue o ônibus 2 LOCAL na Pine Street com a 3rd Street rumo a Madrona Park, e desça em Madrona Dr com 38th Avenue. Atravesse a rua, a esquerda, sempre no sentido do Lago Washington.



já estão enjoados dessa minha nostalgia com  o cenário musical de Seattle ? rs

Categorias:Seattle, USA

Seattle – sonhos e muita nostalgia musical

20 de abril de 2017 4 comentários

Eu fui aquela adolescente. Sabe aquela menina que usava camisa xadrez e calça jeans rasgada no início da década de 90 ? eu fui essa menina. Até uma boina eu tinha.(também xadrez) . Eu era aquela menina , que em 1991 eu não largava por nada minha MTV. Eu gravava os videos clips, esperava ansiosa pelas minhas bandas favoritas passarem na programação, cantava junto e sonhava em um dia assistir algum show deles ou até mesmo ir a Seattle. Eu era exatamente essa adolescente, início dos anos 90, muito rock já vindo de Guns’n’Roses e outras bandas, e o nascimento do movimento grunge, que se deu início em Seattle com minhas bandas que são favoritas até o presente momento. Meu gosto musical de hoje em dia começou nessa época, para mim foi o divisor de água no meu estilo musical e até estilo de vida. Só quem foi adolescente ou jovem nessa época ( e curtia rock internacional ) vai entender a força e a intensidade desse período, desse movimento, e só essas pessoas entendem o significado do nome dessa cidade : Seattle. A minha vida inteira eu relacionei Seattle com música, com minha adolescência, com essa época que era totalmente musical; eu não tinha nenhuma outra associação com Seattle a não ser a música e todas essas bandas icônicas desse cenário grunge. Seattle para mim não existe sem essa referência, essa é a minha referência, minha conexão, mas poucas pessoas conseguem enxergar isso ao visitarem Seattle.






Seattle era um sonho para aquele adolescente do início da década de 90. Um sonho praticamente impossível, pois naquela época as pessoas não viajavam como viajam agora e nem tínhamos internet para ficarmos antenados sobre tudo, tínhamos somente rádio e MTV , que já nos ajudavam muito. Nem quando eu fui fazer intercâmbio nos USA , em meados da década de 90 … eu era menor de idade, Seattle sempre muito longe de tudo, era realmente um sonho muito distante. Ouvíamos falar, ouvíamos as bandas, conhecíamos Seattle pela TV , sabíamos das histórias e polêmicas que aconteciam por lá naquela época, tudo pela MTV e os noticiários que esse canal tinha . O mundo sem internet era tudo muito misterioso… tudo ficava na nossa imaginação, não sabíamos de nada ao certo, nada era muito palpável como é agora, só restavam os sonhos e nossa imaginação. Nada era instantâneo naquela época, e muito menos imediatista, tudo acontecia no seu devido tempo, as informações chegavam com atraso e levava um tempo para serem digeridas , aproveitávamos tudo com mais parcimônia, e por mais que esse movimento, essa fase grunge tenha sido tão curta, com tantas mortes e vidas interruptas tão cedo, ela foi apenas uma raíz, ela foi o começo de tudo e quem viveu intensamente tudo isso que estou falando, entende esse texto. Quando eu falo que foi apenas o começo, eu estou dizendo a respeito do cenário musical mesmo, as bandas que foram influenciadas por esse movimento que depois foram chamadas de bandas alternativas ou bandas indies, na verdade só mudaram os nomes. Tudo começou em Seattle, gente, e isso me emociona.

Eu não tenho palavras para descrever a conexão que eu senti em Seattle. Vários lugares da cidade por onde eu passava eu simplesmente voltava para os anos 90. Nada me surpreendeu por que foi exatamente o que eu esperava. Não esperava menos e nem fiquei com aquele receito de me decepcionar, eu já sabia. Eu já fui com o coração aberto. ❤

Singles (1992) era meu filme favorito —

Sabe que com a ascensão das bandas grunge e todo o movimento nos anos 90, muita, mas muita gente atravessou o país para tentar uma chance em Seattle. Chance na música. Surgiram muitas bandas por lá nessa época que não fizeram sucesso algum. Os bares eram lotados de bandas grunge ao vivo a todo momento. Foi assim que muitas bandas famosas foram descobertas, como Nirvana por exemplo. Mas com a migração muito alta para Seattle, muita gente ficou na cidade sem conseguir praticamente nada, pois como sabemos, no meio de 1 milhão 10 se destacam, o mundo é assim.  E obviamente foi uma época que cresceu muito o número de usuários de drogas pesadas, especialmente heroína. Todos que pertenciam a esse cenário musical de Seattle eram usuários de drogas, como vocês bem sabem, muitos morreram de overdose antes de chegarem ao ano 2000. E eu pude ver isso em Seattle e foi algo que me marcou muito. Há muitos usuários de drogas nas ruas de Seattle hoje em dia, mas não vi muitos jovens , e sim pessoas da minha idade. Seattle é uma cidade com um numero muito grande de moradores de rua usuários de drogas, maioria brancos, e eu acredito ( já li a respeito ) que uma grande parcela são as pessoas que foram morar em Seattle nos anos 90 com a ascensão da cidade, das bandas de rock e devido a todos esses sonhos de ir morar na “cidade do momento” , são essas pessoas, na faixa dos 40 anos pra cima, brancas, muitas delas com estilo de roupa bem rock’n’roll. Eu vi muito isso em Seattle e conectei aos anos 90 na hora, senti isso. Depois fui ler a respeito e realmente isso aconteceu, as pessoas que não conseguiram nada em Seattle nos anos 90  permaneceram lá sem dinheiro, depois sem para onde morar, já estavam nessa vibe da música, já usava drogas na época, e hoje em dia vivem como indigentes. Pesquisei muito sobre isso e fiquei sabendo que até tem uma rua famosa na cidade onde ficam os usuários (seria a nossa cracolândia, digamos assim ), também há um lugar mantido pela prefeitura onde os usuários tem acesso às seringas descartáveis e outros tipos de objetos de necessidade pessoal e/ou relacionado às drogas. Depois de tudo o que aconteceu com Seattle no seu auge de bandas nos anos 90, no seu auge de usuários de drogas, podemos dizer que a cidade é ainda infestada de drogados pelas ruas pedindo dinheiro. Foi a consequência ruim dessa época.

Tenho certeza que muitos turistas não enxergariam isso como eu enxerguei e com o embasamento que eu tenho. Quem foi aquele adolescente grunge se conecta com tudo isso , de uma forma indireta, claro, mas consegue ter uma visão melhor do que acontece e por que acontece. Acho que enxergamos Seattle com outros olhos do que simplesmente achar uma cidade linda, cheia de montanhas, floresta, mar ….. tudo é muito lindo sim, mas quando você tem esse histórico, essa bagagem de vida, você vê a cidade de uma maneira mais crua. E foi assim que eu vi Seattle, e foi assim que me apaixonei por Seattle, não somente pelo seu por do sol e suas marinas , mas pela conexão que eu tive na cidade , conexão com minha vida , minha adolescência e tudo o que significou pra mim, o que me fez me tornar a pessoa que sou hoje.

Lágrimas nos olhos e coração apertado ? o tempo inteiro. Agora , por exemplo, escrevendo esse post. Me desculpe, mas não espere entender se você for muito mais jovem ou mais velho que eu. Foi uma fase rápida, a duração foi curta, apesar de intensa.

MINHA TRILHA SONORA EM SEATTLE 

Soundgarden – Black Hole Sun

Alice in Chains – Them Bones, Would ? , Angry Chair, Man in the Box, Rooster

Nirvana – Lithium, Rape Me, The man who sold the world, About a girl

Temple of the Dog – Hunger strike

Pearl Jam – Jeremy, Black

Ima Robot – Scream

Stone Temple Pilots – Creep

Blind Melon – No Rain

Screaming Trees – Nearly Lost You

Audioslave – Lose Yourself , Like a Stone

Hole – Violet, Doll Parts, Celebrity Skin

Resumo da obra : PUTA VIAGEM INESQUECÍVEL ❤

Categorias:Seattle, USA

SEATTLE – Informações Úteis

17 de abril de 2017 4 comentários

Seattle é longe pra caramba. A cidade fica lá no Pacífico, você tem que atravessar os USA inteiro ou Canadá. São dois vôos. Eu voei com a Air Canada e fiz minha conexão em Toronto,Canada. Então foi São Paulo – Toronto ( 10 horas ) e mais umas 4 horas e meia de Toronto a Seattle. Por que Seattle ? bom, uni o útil ao agradável. Primeiro por que o Congresso internacional de profissionais da língua inglesa ( TESOL ) foi lá esse ano, e segundo, por que era um sonho de adolescente. (falarei mais sobre esse sonho em outro post ) .

Vamos à algumas informações úteis ?

Do aeroporto SeaTac até o centro de Seattle é muito fácil ! Do aeroporto é só seguir a placa Link Light Rail , caminhar dentro do aeroporto seguindo essa placa até chegar na plataforma dos trens. Lá mesmo você compra seu bilhete no caixa automático para a parada em Westlake Center , que fica bem em Seattle downtown, centrão de tudo. Vai te custar um pouco mais de 3 dólares…. ainda quer pegar taxi ? não seja bobo… Veja o mapa do trem abaixo :

Seattle

(nome oriundo de Chief Sealth, líder de uma tribo indígena de lá –  Sealth – Settled  – situado/ estabelecido- )

País : Estados Unidos

Estado : Washington

Oceano : Pacífico

População : aprox 655.000 habitantes

Clima : chuva,neve, neve, chuva

Vegetação : cercada por água, floresta e montanhas

Hora : 4 horas a menos de São Paulo

Duração da viagem : 10 dias

Motivo : primeiramente , a negócios

Acomodação : Green Tortoise Hostel ❤

Tem que ter em mãos : app Transit Tracker Seattle

Você vai baixar esse aplicativo no seu smartphone e vai poder usar para pegar transporte público em Seattle. É muito fácil, rápido e eficiente, até o bilhete da sua passagem você pode comprar por esse aplicativo. É só digitar onde você está e para onde quer ir, ele te explica com exatidão onde e como pegar seu transporte público. Ele só não reconhece endereço com nomes de ruas e tal, mas também pontos turísticos e lugares populares na cidade. Eu usei muito ônibus em Seattle e acertei todos os locais que queria ir. O app se chama Transit Tracker Seattle. É um MUST nessa viagem, tem que. Ah, se você quiser também pode pagar direto ao motorista, custa 2,50 dólares a passagem para qualquer lugar da cidade. ( o dinheiro tem q ser certo, eles não tem troco, você vai colocar o dinheiro numa maquininha ao lado do motorista )

Tem que levar : guarda-chuva e um bom tênis ( a cidade é só subir e descer morro )

Curiosidades sobre Seattle 

* Seattle tem mais cachorros que crianças, são 140 mil cães para 90 mil crianças (hmmm será q por isso q amei tanto ? rs)

* Seattle é a cidade mais “dog friendly” dos USA, praticamente em todo lugar você pode levar seu cãozinho ❤

* Seattle é considerada a cidade do café. Também, claro, o Starbucks foi fundado lá, sendo o primeiro do mundo ! e ainda está lá, como ponto turístico, cheio de turistas o tempo inteiro !

* Seattle é casa da rede Starbucks , a qual foi fundada em 1971

* Seattle está no topo do ranking entre as cidades com maior número de pessoas com educação superior nos USA ❤

* A banda Nirvana nasceu em Seattle, mas Kurt Cobain nasceu em Aberdeen, uma cidadezinha próxima

* A primeira vez que tocou uma música dos Beatles nos USA foi em uma rádio de Seattle

* Seattle tem a maior ponte flutuante do mundo ! são mais de 2 km de comprimento e atravessa o lago Washington

* Seattle NÃO é a capital do estado de Washington, a capital é Olympia

* Seattle foi a primeira cidade americana a usar policiais de bicicleta 🙂

* Seattle é a cidade com mais barcos no país ! 🙂

* A empresa Boeing de aviões foi fundada em Seattle

* A empresa Amazon.com foi fundada em Seattle, com sua sede lá

* Seattle também foi o lugar do primeiro posto de gasolina dos USA, aberto em 1907

* Em 1919 também houve a primeira greve de trabalhadores dos USA, que aconteceu em Seattle

* Seattle tem a população que mais compra óculos de sol de todo os USA..hehe 🙂

* Seattle também é a cidade onde tem mais música ao vivo em bares em todo os USA 🙂

* Seattle é a cidade natal de Jimi Hendrix

* Cidade natal de Duff McKagan , do Guns ‘n’ Roses

* Seattle tem um dia do ano onde todos andam de trem sem as calças…rs , sério

* Apesar da fama de só chover em Seattle, a cidade chove menos que Nova Iorque e Chicago durante o ano

Depois quando vocês começarem a ler tudo sobre Seattle, acho que vão me entender o porquê desse LOVE 

Categorias:Seattle, USA

Estava viajando … março 2017

15 de abril de 2017 3 comentários

É … o meu mapinha aumentou 💙

Voltei de viagem há uns 10 dias. Fui para Seattle , USA, para participar de um congresso e aproveitei para conhecer um pouco do Canadá também, foi aí que meu mapinha deu uma aumentada, já posso checar Canadá da minha listinha de viagens.

Voltei bem cansada, afinal , eu tinha acabado de chegar da Viagem de Formatura com minhas alunas de inglês para Londres e Paris e logo já tive que pegar esse voo para a América. E  sem contar que o congresso em si é bem cansativo, muito produtivo, muito bacana, muito tudo, mas acima de tudo, é cansativo pra caramba, normal.

Já disse que esse ano vou ficar bem quietinha aqui no meu canto…risos, digo, sem viagens para muito longe, as vezes viajar enjoa, e pra ser bem sincera, eu gosto mesmo é de chegar, detesto viajar, a viagem em si, todo o processo, aeroportos, filas…. arghhhhh . E dessa vez na volta ainda tive um probleminha … o primeiro voo de Vancouver para Toronto teve uma falha técnica, mecanica ou sei lá o que, e teve que voltar para Vancouver, fazendo eu perder minha conexão em Toronto para Sao Paulo. Conclusão — cheguei ao Brasil um dia depois do programado e planejado. Fiquei sem dormir 2 dias praticamente. canseira né…

Vou começar a contar aqui pra vocês tudo sobre Seattle e Vancouver … principalmente Seattle , onde fiquei mais tempo e onde tive uma vivencia maior. Espero que vocês gostem dos meus relatos, lembrando que os posts sairão segundas e quintas feiras, começando quinta feira próxima.

Bom, é isso :-*) espero que vocês estejam aqui comigo durante meus relatos, que gostem e aproveitem muito e quem sabe queiram também viajar para esses lugares :-*)

UMA BOA PÁSCOA A TODOS !

EM BREVE NO BLOG …

11 de abril de 2017 1 comentário
Categorias:Seattle, USA

Viagem de Formatura – Considerações Finais

10 de abril de 2017 Deixe um comentário

Eu só tenha a agradecer a Deus por essa viagem maravilhosa. Não tenho palavras para descrever a felicidade que foi essa viagem de formatura.

Tudo começou com uma simples conversa de secretaria de escola e acabou com todas lá na agência de viagens fechando as passagens. Essa viagem tinha que acontecer mesmo, conversamos, resolvemos e fechamos tudo em 2 dias, parecia destino. Eu fiz questão de tomar a frente disso tudo e apresentar Londres para essas minhas alunas tão queridas. Também fiz questão que nossa viagem não saísse cara, e deu tudo certo ! ficamos num albergue (hostel) maravilhoso, o qual sempre fico quando vou a Londres e a viagem inteira ficou super em conta para todo mundo, com direito a voltar com troco no bolso ! Deu tanto certo, acho que foi pela falta de pretensão de tudo que fizemos… fomos sem pretensões, só para aproveitar o que o universo estava nos oferecendo . As meninas especialmente , foram totalmente pretensiosas, aceitando e agradecendo tudo o que eu tinha para mostrar a elas, e isso que tornou a viagem tão especial – minhas alunas foram agradecidas e tiveram a humildade de aceitar e aproveitar tudo aquilo que estava sendo visto, e isso não tem preço, isso sim foi especial !



Elas já me agradeceram muito, e agora está na hora de eu agradecer a tudo ! nossa amizade durará para sempre e sempre vamos nos lembrar dessa viagem, é como se nossas vidas tivessem para sempre uma conexão, um laço …. Londres sempre ficará em nossas vidas e nas nossas lembranças. Foram dias maravilhosos, foram muitas risadas, foram dias muito felizes, graças a vocês minhas alunas do coração ❤ ❤ ❤  muito obrigada !

bye bye London !



*** FIM ***

Viagem de Formatura – Dia 8 , último dia em Londres !

10 de abril de 2017 Deixe um comentário

Oitavo dia , mais conhecido como o dia de ir embora 😦  Mas como o nosso vôo era somente à noite, ainda deu para passear bastante nesse último dia super ensolarado de Londres, estava um dia lindo ! E como era um sabadão, ensolarado, claro que fomos passear por Notting Hill e aproveitar o famoso Portobello Road Market, a feirinha de sábado da rua Portobello , que é linda, animada, cheia de barraquinhas de comidas, antiguidades e por aí vai ….








Passamos a manhã inteira nessa feira que é uma delícia, e ainda fizemos back vocal com artistas de rua cantando a música Good Luck, de Vanessa da Mata, sabe qual é ? foi engraçado quando a banda começou a cantar, logo fomos lá para cantarmos juntos. Até vieram perguntar pra gente que música era aquela. Ah, e a banda era de ingleses, não eram brasileiros não.

Bom, depois de passarmos a manhã inteira em Notting Hill visitando a feira de Portobello Road, nós seguimos para outro mercadão, nesse sábado foi o dia de fazer a feira ! rsrsrs… fomos ao Borough Market almoçar. Como vocês já viram aqui no blog várias vezes, esse Borough Market é super lindo, charmoso, tem a cara de Londres, e é cheio de iguarias típicas e produtos frescos da fazenda, com vários lugares pra gente almoçar, é tudo de bom, super recomendo !





Comemos por ali mesmo, uma clássica british pie ( torta salgada inglesa) e bebemos uma cerveja que estava maravilhosa, uma saideira da nossa viagem para Londres que será inesquecível !



Já no aeroporto, vindo embora para o Brasil, essa foi oficialmente nossa última foto da viagem, mais conhecida como a última baguete.. risos

Viagem de Formatura – Dia 7 Londres e Cambridge

3 de abril de 2017 1 comentário

Hoje também acordamos cedo e já seguimos para a estação de trem para pegarmos o trem para Cambridge . Também super tranquilo, é um destino que há trens o tempo todo, é só chegar e comprar. A viagem leva aproximadamente 50 minutos e o trem é super de boa. Muito bom mesmo.

Chegamos em Cambridge de manhã e só chovia ! Mas tudo bem …. fazer o que né ? pegamos um ônibus da estação de trem de Cambridge para irmos até o centro histórico da cidade, onde se encontra o campus e todos os prédios da Universidade de Cambridge. Ao descermos do ônibus, paramos em uma cafeteria para tomarmos nosso café da manhã. É um café super charmoso de lá que se chama Fitzbillies e é onde tem uma iguaria super tradicional da cidade de Cambridge, que é o Chelsea Bun, é um pão doce com especiarias, caramelo, uvas passas, estava uma delícia ! e o capuccino também estava divino.


Ficamos todas chocadas com a beleza da cidade e seus prédios pertencentes à Universidade de Cambridge, simplesmente maravilhoso ! A chuva atrapalhou um pouco o nosso passeio, mas deu para ver alguma coisa , a cidade é muito linda !








A igreja principal de Cambridge é a St. Mary The Great , a igreja é maravilhosa, tem uma torre bem alta e onde ficamos lá um pouquinho.


Nosso passeio para Cambridge foi meio rapidão, primeiro que queríamos mesmo passar somente uma manhã lá , e segundo é que chovia bastante, então não tinha condições de ficar caminhando muito pela cidade, uma pena. Mas o que vimos, gostamos muito !













Voltando pra Londres depois do meio dia, nós fomos no centro, Picadilly Circus para comprar algumas coisas que as meninas queriam em lojas de esporte e depois fomos um pouco para a Trafalgar Square, já que só tínhamos ido pra lá à noite.





Depois subimos para um programinha mais que especial…. o famoso chá Inglês, ou como dizem por aqui – O Chá das 5. Mas lá em Londres se chama Afternoon Tea. E novamente escolhi o Browns para tomarmos o tão lindo Afternoon Tea in London. Estava tudo perfeito, o lugar é super clássico e os lanchinhos estavam muito gostosos ! sanduichezinhos de salmão defumado, abacate, vários outros sanduiches, bolos, geleias, tortinhas, estava muito bom mesmo ! e claro, o famoso chá com um pouquinho de leite que nós amamos ! acho que todas gostaram desse programinha.



Logo depois voltamos para o hostel para começar arrumar nossas malas, pois o vôo para o Brasil era no dia seguinte e já queríamos deixar tudo no jeito. Foi aí que rolei de tanto rir…….. as meninas se matando para caber tudo na mala de volta foi demais, até foto tirei do desespero………kkkkkkkkkkk … mas não é que deu tudo certo ? ufaaaa… coube tudo !!! kkkkk graças a Deus ! mas olha, foi um momento meio desesperador….rsrsrs




À noite saímos para beber um pouco, comemorar nossa viagem que estava sendo um sucesso ! Rodamos por vários pubs mas nenhum parecia bom para entrar …rsrs… então paramos num bar em pleno Soho, e sentamos lá . No final das contas, começou a chegar gente ao nosso lado fazendo amizade, era Inglês, Italiano, brasileiros turistas, brasileiro que morava lá, garçonete do Nordeste, ficamos por lá mesmo se divertindo com todas essas pessoas e pegamos o metrô perto da hora da estação chegar.






Só sei que a última coisa que fizemos foi passar no Mc Donald’s, levar para o hostel, comer lá mesmo e depois CAMA !

Amanhã, apesar de ser nosso último dia, ainda faremos várias coisas…. !

Viagem de Formatura – Dia 6 Londres

30 de março de 2017 6 comentários

Acordamos de um dia intenso anterior, ver Paris em um dia ! rs… Mas olha, acordamos bem, revigoradas, prontíssimas para batermos muita perna em Londres de novo, Londres é nossa novamente, ebaaaaaa !!!!! A programação desse dia está bem legal !

Bem de manhã a primeira coisa que fizemos foi ir até a Abadia de Westminster pois ficamos de entrar na igreja e não tinha dado certo o horário . Então a primeira coisa que fizemos foi entrar na Abadia de Westminster, onde não podemos tirar foto de jeito nenhum… uma pena. É linda e super compensa fazer a visita lá dentro ! ficamos um bom tempo lá , como era bem de manhã, deu para aproveitar bastante.

Logo depois já fomos ao bairro de Londres que todos amam, o Camden Town , o bairro punk de Londres. Tenho um aluno que chama esse bairro o bairro de Londres com cara de mais perigoso mas menos perigoso de todos ! risos. Camden Town é demais, não somente pela estética, o estilão punk dos prédios e estabelecimentos, os punks doidos pelas ruas, mas pelas inúmeras lojinhas estilo 1,99 e o proprio mercado de pulgas, onde você encontra de tudo !









É  um bairro muito lindo, que todos deveriam conhecer, é um dos meus lugares favoritos da cidade e super recomendo a todos. Passeamos toda a manhã lá, as meninas compraram várias coisinhas, lembrancinhas para trazer pra casa, roupas, bolsas, fizeram a festa, foi uma manhã bem divertida !






Depois de passearmos pelo bairro, fomos almoçar no meu restaurante favorito de fish & chips (que é a comida mais típica de Londres ), Poppies Fish and Chips, adoro esse restaurante, já fui várias vezes e sempre volto ! Como já disse aqui, esse restaurante já ganhou o melhor fish and chips de Londres por inúmeras vezes e eu acho tudo delicioso nesse lugar, amo ! As meninas também adoraram, acho que foi nosso melhor almoço em Londres.







Bom, depois do almoço a turma se separou. A Thiali e Maísa foram nos estúdios do Harry Potter que fica fora da cidade, é uma viagenzinha …. Eu, Ilza e Letícia ficamos em Londres por que elas queriam fazer algumas comprinhas e eu iria mostrar algumas lojas da Oxford Street para elas ….

Nós três passeamos um pouco mais pelo bairro de Camden Town antes de irmos para Oxford Street para as compras. Pois então ….. ao chegarmos na Oxford street, eu selecionei umas cinco lojas para elas irem, mas …….. os planos mudaram ! elas ficaram mais de 3 horas na primeira loja e fizeram tudo o que fazer ali mesmo…rsrsrs… bom, a primeira loja onde elas ficaram é a famosona Primark, onde você compra roupa por 2 libras e onde o povo surta. Eu deixei elas comprarem a vontade enquanto eu fiquei usando o wifi na cafeteria da loja …. risos…. Só sei que quando nos encontramos, as duas estavam com dois carrinhos de supermercado cheios de roupas, bolsa, sapato e muito mais…………..rsrs… Lá mesmo já compraram outra mala para levar tudo isso pra casa hahahah, e adivinha onde elas fizeram a mala ? na calçada, em frente à loja ! hahahahhahaha …. e é claro que eu fiquei ali só rindo né ….





Já era noite ! dia maravilhoso ………. caminhamos um pouco pelo Soho e logo fomos encontrar as outras meninas para jantar no restaurante do Jamie Oliver ! eu também já tinha ido a esse restaurante e super recomendo ! massa maravilhoso, atendimento perfeito …. comemos, brindamos à vida, à nossa amizade, às viagens…. foi tudo de bom !


Eu adoro spaghetti de tinta de lula com frutos do mar, é um dos meus favoritos !

De sobremesa tinha pavlova de tiramisu… estava uma delícia !

E foi assim que acabamos nosso dia ! De volta ao Hostel, brasileiras fazendo brasileirice ….

Fim do nosso sexto dia, com chave de ouro !

Viagem de Formatura – Dia 5 Paris

27 de março de 2017 5 comentários

Lá vamos nós ! rs. As quatro mosqueteiras acordando às 04:00 da manha para o trem para Paris que sai exatamente às 05:40. Até todo mundo se arrumar, afinal, cinco mulheres se arrumando ao mesmo tempo é treta ! rs … Bom , acordamos muito cedo e já seguimos para a estação de trem King’s Cross, onde sai o eurostar para Paris. Perfeito ! A viagem é muito tranquila, dá mais ou menos duas horas e 30 minutos e é tudo muito confortável, com wifi no trem. Só não tinha tomada…aí ferra com a gente né ! mas beleza, a maioria dormiu no trem e quem tentou conversar um pouco levou um ” SHHHHHHHHHHHHHHIUUUU” bem alto. kkkkkkkkkk… gente, é a segunda vez que tomo um “shhhhhhhh” em solo francês, vocês acreditam ? e ainda foi chegando em Paris, já era 09:00 da manhã, aff que povo mal humorado de manhã..rssss

Chegando em Paris, aquele tempinho chato, aquela chuvinha chata, mas tudo bem, estávamos lá por 1 dia inteiro e tivemos que aproveitar, debaixo de frio, chuva , neve, o que for !

Fomos direto para a Catedral de Notre Dame, claro que passamos pelo belíssimo Hotel de Ville, pelo Rio Sena, pelo famoso carrossel que fica ali na praça, até chegarmos à igreja de Notre Dame de Paris, onde todos perderam o fôlego e ficamos ali por um bom tempo . É linda mesmo.  Ainda comemos um crepe de nutella com banana ao lado num Haagen Dazs da vida .









Depois de visitarmos essa igreja lindíssima, seguimos de metrô para o Louvre . A chuvinha não queria parar de jeito nenhum, a manhã inteira foi assim, foi somente parar um pouco na parte da tarde, mas ainda alguma garoa fina continuava. Vimos um pouco do Louvre ( claro que não deu para entrar ), também vimos a Pont des Arts, sabe a ponte dos cadeados que agora está totalmente sem cadeado ? entonces …







Mais tarde, já era horário de almoço, seguimos para a avenida mais charmosa do mundo (mesmo debaixo de chuva), Champs Elysées. Lá nós fomos ver o Arco do Triunfo e tivemos a pachorra de entrar na loja enorme da Louis Vitton na Champs Elysées.



Fomos revistadas ao entrar nessa loja, como todos estavam sendo . As únicas pobres dentro da loja…rsrsrs…. nós nos perdemos lá dentro, não encontrávamos mais a saída. Só sei que vi um monte de japonês e árabes gastando nessa loja e fui checar o preço de um chaveirinho básico da Louis Vitton o qual era 300 euros…hahahha…genteeeee …. a gente fica chocada né ? mas com certeza tem gente que compra, brasileiros inclusive.


Depois de sair do labirinto da riqueza que é aquela loja da Louis Vitton, seguimos para almoçar e nos aquecer da chuva. Entramos num Brioche Doree, lugar bem tipico da França onde vende diversos tipos de baguetes e doces diversos. Ficamos um bom tempo lá, nos aquecendo e nos secando, comendo e usando o wifi que estava maravilhoso.



Bom, a segunda parte do dia, um pouco mais seca que a primeira, sem aquela chuva constante, seguimos para a Torre Eiffel. E a bendita estava lá, toda linda esperando pela gente. Uma coisa diferente da torre Eiffel atualmente é que colocaram grades em volta dela , revistando todo mundo que entrava na praça onde ela fica. Achei feio e bizarro, tipo campo de guerra, não curti ! não sou acostumada e pedir licença para entrar e ver a torre Eiffel, me chocou um pouco, mas….. é a vida né… Ficamos lá um tempão tirando milhares de fotos, as meninas se realizaram ! também, que não ama essa torre ? é emoção à flor da pele toda vez que a vejo ! demais !






Sim, fizemos Carnaval na Torre Eiffel também !






Aí já estava no final da tarde, fomos para o bairro Montmartre ! um bairro super boêmio de Paris onde se encontra o famoso Moulin Rouge. Deixei esse bairro por último por que ele fica perto da estação Gare du Nord, onde pegaríamos nosso trem de volta para a Londres.

Antes passamos pelo Le Mur des Je t’aime…. ❤ ❤ ❤



Depois dali já seguimos para a estação de trem para voltar pra Londres ! Foi um dia só, foi corrido, demos uma boa volta na cidade, o clima não estava o melhor, mas mesmo assim valeu muito a pena, por que sempre vale !!!! ❤ ❤ ❤

E nossos pézinhos já não aguentam mais ……… rs

E foi assim que passamos o dia em Paris !

%d blogueiros gostam disto: