Imprensa

Revista Mundo Estranho

Há um tempo atrás eu dei uma consultoria para a revista Mundo Estranho , e só agora vi que saiu na edição de Novembro do ano passado e também a reportagem está no site deles online. Claro que a matéria é sobre a Rússia, e como é a revista Mundo Estranho, a matéria é sobre as bizarrices da Rússia..rs

Para quem quiser dar uma olhada, o link está aqui : http://mundoestranho.abril.com.br/materia/7-bizarrices-sobre-a-russia

capture-20160307-102448

 

Anúncios
Imprensa

Entrevista para UOL

Participei de uma entrevista para a UOL EDUCAÇÃO sobre diferentes tipos de intercâmbios e moradia para estudantes que vão para o exterior.
Vejam aqui a matéria inteira : http://educacao.uol.com.br/noticias/2012/09/28/veja-sete-dicas-para-encontrar-moradia-para-seu-intercambio.htm

Bosnia, Imprensa, Tour2012

Bósnia e Herzegovina – um país nada inóspito.

Quando as pessoas ouvem falar em Bósnia , com certeza a imagem que elas tem na cabeça é guerra e destruição. Quem vai para Bósnia ? ninguém escolheria viajar para Bósnia entre Paris ou Roma ? Bom, eu escolhi. E continuo escolhendo destinos os quais me atraem historicamente e culturalmente.  Na verdade, todos os países que pertenciam a antiga Iugoslávia me chamam muito atenção, e dessa vez eu pude conhecer 3 desses países. Mas hoje só falarei da Bósnia e Herzegovina. Sarajevo, capital da Bósnia, foi meu destino da vez. Nos dias de hoje, é possível enxergar uma Sarajevo feliz, mais moderna , talvez mais ocidental comparada com o que costumava ser, principalmente na década de 90 , onde aconteceram as maiores atrocidades de guerra do mundo moderno. Encontrei uma Sarajevo limpa, educada, organizada e segura. Encontrei uma Sarajevo mais aberta e feliz. A minha primeira surpresa foi a qualidade da água, limpa e cristalina, água que todos podem beber da torneira sem medo, com cartazes pela cidade toda do povo se orgulhando pela sua água e do fato de ser uma das melhores águas potáveis do mundo. Eu vi uma Bósnia Muçulmana, Católica e Ortodoxa. É uma mescla de religiões, onde na cidade antiga se vê mesquitas ao lado de igrejas ortodoxas, mesquitas em frente as igrejas católicas, etnias diferentes, costumes diferentes em um mesmo lugar, religiões diferentes, mas todos do mesmo país e todos lutando pela mesma Bósnia.E isso também refletindo nas comidas típicas. Uma cidade onde você encontra doces árabes como baklava, também se encontra cevapi, um sanduíche típico da antiga Iugoslávia, burek, a torta mais típica dessa região dos bálcãs ….Uma Bósnia com muitos restaurantes, bares, gente bonita se divertindo, fazendo compras….Mas o mais belo é que toda essa modernidade está dentro de uma cidade com arquitetura muito antiga, basicamente de pedras, com suas ruas de pedregulhos.  Não vou dizer que não exista mais seqüelas de guerra, aliás, em todo ponto que você está na cidade, há indícios de sofrimento e destruição. Em cada esquina dessa cidade há uma lembrança do que aconteceu há quase 20 anos atrás. E isso é preservado e sempre lembrado. É a história do povo, é todo o seu sofrimento para poder ficar em seu país, para construir uma Bósnia melhor como está hoje. Em Sarajevo há muitos museus mostrando a história da Bósnia, principalmente dessa guerra mais recente, há também museus judeus, lembrando do povo judeu da Bósnia antes da Segunda Guerra Mundial, há sinais de guerra no mercado  Markale, onde aconteceram 2 ataques , o qual foi conhecido como O Massacre de Markale. A ponte onde aconteceu o assassinato de Franz Ferdinand , o qual foi o estopim para a Primeira Guerra Mundia…Onde quer que você esteja, você não vai deixar de lembrar do que aconteceu com esse povo, uma história de guerra tão recente, tão trágica, que deve ser sim lembrada todos os dias. É tudo tão recente que o dono do hostel (albergue) onde eu fiquei, lutou nessa guerra construindo túneis pela cidade toda. Em Sarajevo, todas as etnias sofreram , os muçulmanos, os judeus, os cristãos, todos foram injustiçados pela guerra e agora todos vivemem uma Bósniamelhor. Sarajevo me surpreendeu da melhor maneira possível.Quero voltar com certeza, e quero conhecer outras cidades históricas da Bósnia.

E o texto saiu no jornal É Notícia :

Jornal É Notícia

Tatuí,  16 de Março de 2012

Para ver outras poblicacões, CLIQUE AQUI

Imprensa, Tatuí-SP

Como viajar leve e barato – no jornal É Notícia de Tatuí

Como viajar leve e barato foi meu texto dessa vez no jornal É Notícia. As dicas de viagens você encontra aqui no blog mesmo. Acesse : https://garotinharuiva.wordpress.com/dicas