Albergues, Dicas, Hotéis

Meu primeiro Airbnb

Demorou , né ? Acho que é por que eu sempre tive o hábito de ficar em hostels (albergues), eu nunca tive muito dinheiro mesmo pra ficar em hotéis, então sempre fiquei em hospedagem barata. E mais, no Brasil eu sempre tive um pouco de receio, mas fui ! A princípio eu fui por que não tinha outra opção mesmo, não poderia ficar em hotel, o mais barato pra mim está muito caro.

Como funciona o Airbnb ? 

  • você entra no site e cria um perfil. É bom você preencher o perfil inteiro e colocar fotos, afinal, você também quer ser um hóspede desejável, já que eles podem recusar a sua estadia.
  • você filtra o que está procurando, filtra por numero de quartos, banheiros, localização, etc ….
  • você procura pelas pessoas mais qualificadas. Isso acho importante pela segurança.
  • mesmo que o calendário da pessoa esteja livre para as suas datas, é bom mandar uma mensagem primeiro para ela e confirmar se realmente naquele dia o apartamento estará disponível.
  • aí você faz a reserva e já paga. Pode ser cartão de crédito ou boleto bancário.
  • você não pagará nada para a pessoa no momento da estadia, é tudo feito pelo site.
  • por mensagem no site do Airbnb, combine com seu anfitrião o horário que você vai chegar e veja a disponibilidade de horário de check in .
  • antes de chegar, é bom você tirar uma cópia do seu documento, caso seja um prédio, para deixar na portaria e você ter livre acesso como visitante.
  • e pronto ! respeite as regras da casa onde você vai ficar, tome conta do lugar como se fosse seu, seja também um hóspede querido e desejado por todos os anfitriões do Airbnb .

Enfim, a maioria das pessoas pegam Airbnb o apartamento inteiro. Eu fiz diferente, eu aluguei o quarto apenas e fiquei com a pessoa morando na casa, obviamente por que é muito mais barato e era isso mesmo que eu podia pagar.

E deu super certo ! Claro que procurei bastante, peguei um lugar bem legal, super bem decorado, localização show de bola e a uma pessoa bem qualificada dentro do site do Airbnb que é super importante. O negócio é fuçar e procurar bastante . Foi tudo muito tranquilo, o quarto era super confortável, o apartamento super lindo e a pessoa super solícita e simpática. Logo na chegada eu já deixei uma cópia da minha identidade com o porteiro e já peguei as chaves do apartamento com a dona.  Ela também servia café da manhã e me disse para pegar o que eu quisesse da geladeira para o café. Também me forneceu toalhas , lençóis, secador de cabelo, como um hotel mesmo. Também deixou no quarto todas as informações como senha de wifi, regras da casa, etc.

Gostei muito ! o que eu gastaria 200 reais a noite ( no Ibis Budget Paulista ), eu gastei 74 reais a noite também ali pela Paulista. Olha, nunca mais hotel quando eu tiver que pernoitar em São Paulo ! nunca mais ! E nesse caso muito menos, que eu tive que ficar três noites. Imagine só a fortuna ? jamais.

Amei minha experiência, super recomendo, comigo foi tudo tranquilo e perfeito, não tenho o que dizer.

É só procurar com calma e escolher pessoas que tem boas qualificações, acredito que assim não haja erro .

Agora a minha intenção é experimentar um Airbnb internacional , quem sabe  ?

Uma foto do apartamento onde fiquei :

http://www.airbnb.com.br

Anúncios

7 comentários em “Meu primeiro Airbnb”

  1. Oi, Lu!
    A primeira vez que usei Airbnb foi em Gramado, em 2016, ô lugarzinho caro! Foi tudo tão bom que estou voltando pra me hospedar no mesmo lugar agora final do mês. Internacional já usei em Buenos Aires e Santiago – alugamos um apê para ficar em 3 pessoas – e em Colonia Del Sacramento no Uruguai – as mesmas 3 pessoas mas dessa vez em 1 quarto, que era independente. Dessas experiências a única meia boca foi no Chile, o apto era lindo nas fotos, mas na vida real era meio acabado e fedia a cigarro.

    1. Nossa, eu ia surtar se eu entrasse num lugar fedendo a cigarro, acho que é o cheiro mais insuportável do mundo pra mim. Eu ainda preciso testar um airbnb internacional,quem sabe ano que vem ! 🙂

  2. Olha, seu sempre fui meio pé atrás. Eu não faço questão de lugar bonito e nem chiquetoso, mas que seja bem limpo, ventilado, com roupas de cama e toalhas asseadas. A única vez que fizemos isso, foi quando viajamos para Paris com meu irmão, esposa e filho. Compensou. O apartamento era super bem localizado, mas não estava muito limpo e as roupas de cama suspeitas…mas ficamos…foi barato. Se eu ficaria lá de novo, acho que não. Não foi por este site aí, mas um outro. Mas eu, particularmente, ainda prefiro a infraestrutura de um hotel.

  3. Oi Lu
    Fiquei pelo Airbnb, casa inteira, também comprei uma saída fotográfica pelo Airbnb, tudo em Lisboa, foram experiências muito positivas e custo/benefício muito bom! Recomendo.

Adoro comentários ! respondo todos :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s