Início > Reflexões > Vida Simples

Vida Simples

simple

Simples assim.

Em janeiro eu fiz uma lista de resoluções para esse ano , e como é uma lista dinâmica (adaptável e mutável ), eu já apaguei uma resolução. Eu apaguei a resolução de numero 4 :

– Trocar de carro.

Para quê eu vou querer gastar dinheiro – dinheiro que não tenho, seria parcelado –  com carro ? pensando agora… como fui sem noção ! Deixa o meu carrinho de 2007 sossegado, afinal, ele está me levando ao trabalho e de volta pra casa todos os dias, sem maiores problemas. Tudo bem que ele não tem ar condicionado e nem portas automáticas, para abrir o vidro tem que girar a manivela, mas sem problemas, ele cumpre com todas as minhas necessidades e pelo jeito vai ficar comigo por um bom tempo ainda. Tá, eu sei que ele vai desvalorizar, já deve estar bem desvalorizado (papo de vendedor de carro, e acredito que seja verdade mesmo), mas tá bom pra mim , pelo menos para minhas escolhas de vida, por que eu tenho que escolher sempre, não dá para ter as duas coisas.

Eu não quero ter , eu quero ser !

Estou bastante desapegada com bens materiais ( sempre fui “meio” .. ) e não vejo mais necessidade em ter coisas. Aliás, nem quero ! afinal, tudo vira entulho depois de um tempo. Olha, estou cada dia pior, ou melhor. Eu já tive fases de bolsas, óculos, perfumes e sei lá mais o que. Agora minha fase é viver feliz. Nunca fui o tipo de pessoa que parcela coisas em mil vezes e fica devendo na praça, sempre tive a paranoia de pagar tudo certinho, na maioria das vezes à vista, já com  medo que aconteça alguma coisa. Sou meio neurótica com minhas contas, se não posso , não faço, se não tenho o dinheiro total, não compro e por aí vai. E também nunca fiquei sonhando com carro, ou coisas caras, sempre soube meu lugar no mundo e tenho o que posso ter. Mas agora quero ter muito menos, bem menos do que tenho. Sinceramente ? só quero gastar com viagens . Já não gasto nada em minhas viagens mesmo, nunca compro nada para mim, agora vai ser menos ainda. Quero ter momentos , sabe ? e também pelo fato que simplesmente NÃO POSSO por que não tenho dinheiro.Acho isso bem fácil de entender. risos. Além do mais,  estamos vivendo um inferno econômico para quem deseja viajar, com o dólar e euro lá nas alturas, não dá mesmo, por isso e por muitas outras situações que decidi ter muito menos para continuar viajando, é a minha preferência, é minha prioridade. Isso é simples. Vou juntar o útil com o agradável.

NÃO QUERO

ROUPAS DA MODA

MARCAS FAMOSAS

NÃO PRECISO

COISAS CARAS POR SEREM CARAS

SÓ POR SEREM FAMOSAS

SÓ PORQUE TODOS TEM

SÓ PORQUE É COOL

NÃO PRECISO

Essa semana eu substituí um produto de 50 reais que eu usava para um de 7 reais. Até vou dar aqui uma dica para vocês . Bom , eu sempre usei, uso todo santo dia um tônico adstringente para o rosto, sabe ? tem várias marcas nas farmácias e não custam menos de 30 reais. Pois então, peguei uma dica esses dias e agora estou usando o bom e velho Leite de Rosas. Ele limpa a pele e ainda serve como demaquilante do dia dia , para a base, pó. Estou achando o máximo ! E eu uso bastante, então gastava muito com aquele de 50 reais. Esse foi um dos exemplos de substituição que eu estou fazendo no momento. Acho válido substituir o que é possível sem afetar a saúde e tal. Claro que não posso abrir mão de muitas coisas, isso faz parte da vida. Tenho muitas coisas que gosto, que preciso, que custam dinheiro. Mas a minha tendência é abrir mão cada vez mais.

Bom, estou numa fase de economizar cada centavo, sabe ? Eu tenho um propósito muito grande  para eu completar, um propósito que começou nos meados dos anos 90 e tenho que completar essa fase, na verdade é um ciclo para mim, quero fechar esse ciclo o mais rápido possível . Mas para isso vou ter que economizar até moedinha de 1 centavo…risos , existe essa moeda ?

E claro que há pessoas que pensam que estou na vida boa, viajando bastante, comprando bastante, suaaaaaaaaaave . Mal sabem, e nunca vão saber,pois essas pessoas são tão medíocres de espírito , que nunca vão entender nada do que estou falando ou que já falei na vida. Eu tenho a plena certeza que esse meu post vai soar grego para essas pessoas, o que eu posso fazer ? Sabe aquelas pessoas bem medíocres mesmo que chamam o outro de rico só por que ele tem alguma coisa ? e mal sabem o que ele passa, ou mal sabem se aquilo já está pago, se o negócio do “rico” vai bem, …. então, dessas pessoas que falo. A ironia da vida é que vão ser sempre assim, o que já é um castigo dozinferno. Deuzolivre .

Olha, só sei de uma coisa — eu nunca quis ser a pessoa que tem um carrão de 80 mil na garagem e não sabe que a capital da Suiça é Berna. Só sei que  a vida é curtíssima, dessa vida não se leva nada, sabe essas frases de efeito sobre a vida ? são todas verdadeiras, infelizmente. São clichês do dia a dia que depois pode te cobrar futuramente. Eu quero é viver muito, intensamente, conhecendo sempre novas culturas, novas pessoas, aprendendo sempre com elas, viajando muito , quero CONHECIMENTO ! se eu pudesse fazer mais umas duas faculdades , eu faria ! quero aprender, cursos, falar outras línguas, não quero parar com meu conhecimento nunca. E claro que com isso tenho que trabalhar MUITO. É a minha vida , eu adoro e sempre vou lugar , para a infelicidade dos inimigos. risos

MAIS

CONHECIMENTO

MAIS

CULTURA

POR FAVOR 

e………..mais momentos como esse na minha vida, por favor :

DSC03560

Capadócia,Turquia – 2008

Categorias:Reflexões
  1. Sandra Terto
    6 de maio de 2016 às 10:28 AM

    Abaixo a futilidade!! É isso aí, Lu. Afinal, tudo o que se compra com dinheiro não tem valor. Apoiadíssima! Assinado: amante de faxinas, de recomeços e de resoluções.

    • 7 de maio de 2016 às 9:32 AM

      rsrsrsrs…. amei o amante de faxinas , recomeços e resoluções !🙂

  2. 2 de maio de 2016 às 2:09 PM

    Olá Lu tudo bem???

    Já tive minha fase consumista, e comprei muito, mas agora tenho outros objetivos e preciso guardar meu dinheirinho… Faz tempo que não compro roupa e pretendo ficar assim por mais uns meses… No final vou curtir muito mais esse dinheiro!!!

    Beijinhos;
    Débora.
    http://derbymotta.blogspot.com.br/

    • 2 de maio de 2016 às 2:39 PM

      fora o peso que tiramos das costas, é muito melhor vivver com menos ! bjosss

  3. Cássia
    1 de maio de 2016 às 5:05 PM

    Lu, penso exatamente como você, sabia? Adorei seu post e compartilho uma coisinha: ” Outro dia fiquei pensando qual a palavra que mais me chama atenção e me faz parar para ler? Eu percebi que o quê mais ne chama atenção são duas palavras: ” simples” e “gentil”. Fiquei muito feliz com isso!”
    Nunca liguei para marcas e acho que consegui passar isso para minhas filhas! Não é a marca que vai me fazer comprar, mas sim se eu gostei ou não! Meu carro é bunitinho mas já tá véinho e funcionando super bem! Adoro!!
    Beijosss

    • 1 de maio de 2016 às 6:36 PM

      q bom ! obrigada por visitar e comentar🙂 bjs !

      • cassia Guidon
        1 de maio de 2016 às 6:55 PM

        Imagina Lu, eu que agradeço pela postagem 🔝 e aproveito para te passar esse link que é um pouco do wue vc postou

        O quê é a vida, com Leandro Karmal
        Bjkss

  4. 1 de maio de 2016 às 3:28 PM

    Também sou dessas! Quero nem saber de marca, objetos, nunca me interessei! Quero é experiência de vida, histórias pra contar. Dessa vida não se leva nada!

    • 1 de maio de 2016 às 3:34 PM

      foda que pra ter toda essa bagagem precisamos de muito dinheiro também, mas é a vida, prefiro gastar assim ! bjsss

  5. 1 de maio de 2016 às 2:13 PM

    Nessa vida a gente tem sim de ter… Ter carinho por aqueles que importam, ter fome de conhecimento e ter tantas outras coisas boas que cartao de credito naum compra. Belo post, Lu.

    • 1 de maio de 2016 às 3:33 PM

      nunca fui de gastar com coisas, mas agora estou bem pior, tipo muquirana mesmo rsrs

  6. 1 de maio de 2016 às 1:01 PM

    Há uns 5 anos tive que usar cartões de crédito para coisas básicas, fiquei enrolada, mas trabalhei em dobro, economizei e consegui voltar ao meu normal. Tudo a vista, compro só o que dá, fico totalmente fora do desfile de modas e coleção de sapatos. Não preciso de nada disso. O meu armário é mínimo, casa simples, com poucas coisas. Prefiro ler, fazer cursos, aprender idiomas e não ter dívidas.

    • 1 de maio de 2016 às 3:32 PM

      com certeza, em casa sempre investimos muito em educação, fui criada assim e se eu pudesse eu faria mais uma faculdade

  7. 30 de abril de 2016 às 5:35 PM

    É Lu…isso se chama inteligência. Quando se pode, se faz ou se organiza pra algo mas também com os pés no chão. Seu carro tá bom, andando fique com ele até onde der. A hora que não der mais, você vai e troca. A gente tem que desentulhar a vida mesmo. Chega de coisas de valor ilusório, que nem valem o que custam…uma coisa é o excesso desnecessário e outra é o conforto e a realização de uma pessoa que sabe usar o dinheiro a seu favor! Sabedoria é isso….liberdade para se fazer escolhas que valem a pena!

    • 30 de abril de 2016 às 6:37 PM

      eu sempre tive pavor de acumulos e entulhos sabe… tanto que minhas coisas são super clean, sem sobreposições, etc. Dá uma leveza qdo fazemos aquela faxina né ! risos. bjocas !!

  8. 30 de abril de 2016 às 12:07 PM

    Coisa boa é quando a gente se centra naquilo que faz bem a gente e se livra daquilo que só traz tensão. Parabéns!

    Blog Querido Deus,obg por me exportar!

    • 30 de abril de 2016 às 6:35 PM

      com certeza ! e sem julgamentos ! cada um é cada um né🙂 bjocas !!!

  9. 30 de abril de 2016 às 10:43 AM

    Já faz um bom tempo que estou nessa fase que vc falou de parar com o consumismo e selecionar mais com o q gastar, agora preciso planejar melhor pra viajar mais…. Gostei do seu texto o importante pra conseguirmos o q queremos é traçar metas/objetivos e focar, leva um tempinho mas um dia vc alcança suas metas, valeu…

    • 30 de abril de 2016 às 6:34 PM

      verdade, as coisas não acontecem no tempo que queremos né ? mas temos que persistir sempre, bjocas

  10. Bianca
    30 de abril de 2016 às 10:07 AM

    Lú, adorei!!!! Nos faz refletir, realmente no que vale a pena.

    • 30 de abril de 2016 às 6:33 PM

      mas sem julgar né Bi, pq o que vale a pena pra mim pode não valer a pena pra você , cada um é cada um . Agora, nunca vou concordar no consumismo por consumismo… bjss !

  1. No trackbacks yet.

Adoro comentários ! respondo todos :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: