Depoimentos

Depoimento de Viajante – Alexandra, na Rússia

Nas ultimas férias, um dos meus destinos foi a Russia, em Maio/Junho deste ano. Nessa época do ano, em Moscou, costuma escurecer depois das 10h da noite e já fica claro às 4h da manha. Estive nas cidades de São Petesburgo, Moscow e Novgorod.

Em Moscow, fiquei no Hostel Godzillas (indicação do Blog), que tem um ambiente jovem, descontraído, é limpo, organizado e muito, muito bem localizado. Perto, tem vários cafés, restaurantes, estação de metro, pracinhas, um mercadinho que fica aberto até mais tarde. Visitei o bairro kitai gorod, arbat, o parque gork, sky bares com vista de toda cidade, a Catedral Cristo Salvador, o luxuoso shoping GUM, catedral de São Basílio, Kremlim, Praça Vermelha, o teatro bolshoi, as inumeras igrejas que tem por toda a cidade (é impressionante! As vezes, chega a ter uma a menos de 200 metros da outra, com aquela arquitetura diferente e fascinante), as estações de metro são lindas, com vitrais, estátuas, lustres enormes, bustos de pessoas famosas, uma atração à parte!

Moscow é uma metrópole cosmopolita, agitada, como eu já tinha ouvido muito falar: é realmente um outro país dentro da Rússia, pois nas duas outras cidades, foi um pouco diferente. De Moscow fui a Novgorod, que é uma pequena e fascinante cidade russa histórica, ao norte de Moscou, fui de trem e a viagem durou toda a noite. Me hospedei no hotel Volkov, pertinho da estação de trem, uns 10 minutos a pé. O hotel era simples, barato e com boa localização também, no dia que cheguei, os adolescentes estavam comemorando o fim do colegial, então, tinha gente por toda a cidade fazendo festa, tirando fotos com os colegas.

Visitei o kremlin, que é muito bem cuidado, com varias igrejas e monumentos.Embora as pessoas não falassem inglês, eles sempre estavam disponíveis para ajudar, dar alguma informação ou apenas serem gentis.

São Petesburgo, é uma cidade linda, com varias construções que impressionam pelo tamanho e beleza. Fui a catedral de Santo Isaac, fiz um passeio de barco a noite para assistir a abertura das pontes, o metro de la é tão lindo qto o de Moscou, um show de arquitetura, fui a Peterfof, fiquei horas naquelas livrarias gigantes de vários andares (a Lu tb tinha comentado aqui no blog), fui a vários cafés charmosos, gostosos e baratinhos, as vezes, eu simplesmente andava pela nievsky prospect, que é sempre movimentada e segura, inclusive, de madrugada. Como não fumante, uma coisa que me incomodou na viagem a Russia é que lá, não existe um espaço restrito para fumantes, ou seja, as pessoas fumam nos cafés, bares e restaurante, na rua, sem o menor respeito pelo que não fuma. No fim do dia, eu já tinha fumado passivamente dezenas de cigarros, alem de ficar com a roupa e o cabelo cheirando a cigarro.

 Li bastante sobre a Rússia aqui no blog, me diverti e aprendi muito sobre a cultura com as descrições da Lu, a verdade é que cada vez que eu lia, eu ficava mais curiosa para ir lá me certificar das coisas que eu estava lendo.

O povo russo é bastante hospitaleiro e bacana, num segundo momento. Bem parecido com o povo brasileiro como a Lu diz. Quando você esta em apuros, sempre aparece alguém para te ajudar. Fui ajudada varias vezes, no metro, sempre aparecia um para me ajudar a subir e descer escadas com as malas. Quando eu estava procurando informações sobre um guarda volumes na estação de metro, teve uma mulher que deixou o marido dela e foi comigo em busca de informações. No dia que a senhora atendente mal humorada da venda de bilhetes de trem disse não enteder inglês, um casal, que tb não sabia inglês, fez mímicas para que pudéssemos entender se o bilhete que eu queria comprar era numa cabine com cama, se era de ida e volta ou somente ida. Na verdade, todos esses exemplos que dei foram em Moscou, que por mais cosmopolita que seja, ainda é necessário que vc tenha uma noção do alfabeto cirílico e de poucas palavras em russo, pois nem todos entendem inglês e tem paciência para tentar entender o que vc quer dizer.  Nas outras cidades russas, não tive nenhum problema com a língua. Estudei um pouco de russo mas falo pouco, tenho noções do alfabeto cirílico. Adorei todas as comidas russas típicas que experimentei.

Durante a minha viagem, me apaixonei por aquele povo, pela cultura, pela historia do pais, pela comida, pelas paisagens entre uma cidade e outra, e me identifiquei muito pois me lembro de ter lido no blog da Lu descrevendo o qto ela era apaixonada pela Rússia.

Anúncios

9 comentários em “Depoimento de Viajante – Alexandra, na Rússia”

  1. Eu acho um charme esse blog da Lu e essas postagens dos viajantes, sérios nos levam a lugares nos mostram cores por todos os ângulos, a Rússia ainda não faz parte do meu roteiro, veja ainda !
    Mas amei viajar nessa postagem maravilhosa!!!
    Obrigada.

  2. Ain, seu depoimento só aumentou minha vontade de visitar a Rússia! Não vejo a hora de chegar minha vez. Enquanto isso, me deleito com os depoimentos e com as descrições das cidades e do povo através da literatura. Suas fotos são lindas e as informações que passou, bastante úteis. 🙂

      1. Ih Lu, ainda não tenho nada planejado… queria ir ano que vem, mas como este ano vou pros EUA, vou ficar descapitalizada! 😀 Mas pode deixar, quando eu for, mando depoimento sem falta! Beijão

Adoro comentários ! respondo todos :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s