Início > Bosnia, Imprensa, Tour2012 > Bósnia e Herzegovina – um país nada inóspito.

Bósnia e Herzegovina – um país nada inóspito.

Quando as pessoas ouvem falar em Bósnia , com certeza a imagem que elas tem na cabeça é guerra e destruição. Quem vai para Bósnia ? ninguém escolheria viajar para Bósnia entre Paris ou Roma ? Bom, eu escolhi. E continuo escolhendo destinos os quais me atraem historicamente e culturalmente.  Na verdade, todos os países que pertenciam a antiga Iugoslávia me chamam muito atenção, e dessa vez eu pude conhecer 3 desses países. Mas hoje só falarei da Bósnia e Herzegovina. Sarajevo, capital da Bósnia, foi meu destino da vez. Nos dias de hoje, é possível enxergar uma Sarajevo feliz, mais moderna , talvez mais ocidental comparada com o que costumava ser, principalmente na década de 90 , onde aconteceram as maiores atrocidades de guerra do mundo moderno. Encontrei uma Sarajevo limpa, educada, organizada e segura. Encontrei uma Sarajevo mais aberta e feliz. A minha primeira surpresa foi a qualidade da água, limpa e cristalina, água que todos podem beber da torneira sem medo, com cartazes pela cidade toda do povo se orgulhando pela sua água e do fato de ser uma das melhores águas potáveis do mundo. Eu vi uma Bósnia Muçulmana, Católica e Ortodoxa. É uma mescla de religiões, onde na cidade antiga se vê mesquitas ao lado de igrejas ortodoxas, mesquitas em frente as igrejas católicas, etnias diferentes, costumes diferentes em um mesmo lugar, religiões diferentes, mas todos do mesmo país e todos lutando pela mesma Bósnia.E isso também refletindo nas comidas típicas. Uma cidade onde você encontra doces árabes como baklava, também se encontra cevapi, um sanduíche típico da antiga Iugoslávia, burek, a torta mais típica dessa região dos bálcãs ….Uma Bósnia com muitos restaurantes, bares, gente bonita se divertindo, fazendo compras….Mas o mais belo é que toda essa modernidade está dentro de uma cidade com arquitetura muito antiga, basicamente de pedras, com suas ruas de pedregulhos.  Não vou dizer que não exista mais seqüelas de guerra, aliás, em todo ponto que você está na cidade, há indícios de sofrimento e destruição. Em cada esquina dessa cidade há uma lembrança do que aconteceu há quase 20 anos atrás. E isso é preservado e sempre lembrado. É a história do povo, é todo o seu sofrimento para poder ficar em seu país, para construir uma Bósnia melhor como está hoje. Em Sarajevo há muitos museus mostrando a história da Bósnia, principalmente dessa guerra mais recente, há também museus judeus, lembrando do povo judeu da Bósnia antes da Segunda Guerra Mundial, há sinais de guerra no mercado  Markale, onde aconteceram 2 ataques , o qual foi conhecido como O Massacre de Markale. A ponte onde aconteceu o assassinato de Franz Ferdinand , o qual foi o estopim para a Primeira Guerra Mundia…Onde quer que você esteja, você não vai deixar de lembrar do que aconteceu com esse povo, uma história de guerra tão recente, tão trágica, que deve ser sim lembrada todos os dias. É tudo tão recente que o dono do hostel (albergue) onde eu fiquei, lutou nessa guerra construindo túneis pela cidade toda. Em Sarajevo, todas as etnias sofreram , os muçulmanos, os judeus, os cristãos, todos foram injustiçados pela guerra e agora todos vivemem uma Bósniamelhor. Sarajevo me surpreendeu da melhor maneira possível.Quero voltar com certeza, e quero conhecer outras cidades históricas da Bósnia.

E o texto saiu no jornal É Notícia :

Jornal É Notícia

Tatuí,  16 de Março de 2012

Para ver outras poblicacões, CLIQUE AQUI

Anúncios
Categorias:Bosnia, Imprensa, Tour2012
  1. Mayra
    1 de junho de 2014 às 9:20 PM

    Oi. Primeiramente, o seu blog é fantástico, parabéns mesmo!
    Bom, a minha turma da escola vai representar a Bósnia num evento interescolar. Temos que colocar informações sobre o país na sala. Gostaria de saber se podemos colocar trechos dos seus relatos, obviamente com o endereço do blog, tudo direitinho. Eu achei tão incrível o que você descreveu de Sarajevo, são textos que mostram que a Bósnia está ressurgindo, não é só um país pequeno ferido pela guerra. Precisamos da resposta o mais rápido possível. Desde já, obrigada. : )

  2. 9 de janeiro de 2013 às 12:53 AM

    Ah, estava esquecendo de relatar:
    Linda a tua dissertação no texto do Jornal. Muito bem feita e você conseguiu sintetizar com paixão e, ao mesmo tempo, com técnica, o seu carinho pelo local.
    Entre Roma, Paris e Sarajevo, escolho Sarajevo também, desde que o local seja socialmente respeitoso e sem discriminações. Hehehehe.
    Nada como um local mais reservado e com esta historicidade riquíssima para nos fazer ter momentos de pura reflexão, emoção e RECONSTRUÇÃO.
    Estar num lugar onde milhares de vidas se foram, em prol de uma sociedade mais justa e menos raivosa, realmente deve ser emocionante. Sentir aquela energia espiritual ao ver os prédios, as lembranças, os túmulos muçulmanos que serviram como “bunkers”, ir aos museus. Nossa, soh em pensar jah me arrepio.
    Ah, tenho outra pergunta: Tu conheceu o túnel “SPASA KUCA KOLARA”? Ju, tenho uma IMENSA vontade de entrar nele e permanecer sentado por muito tempo, pensando, pensando e pensando. Não sei o porquê. Mas um dia farei isso.
    Concluindo, a Bósnia & Hezergovina, realmente representa um dos “Polos das Lutas Humanas”.
    Grande abraço.
    “Medtem ko se je boril za storitve, nacionalizem, boj proti Bosanščina za preživetje.”

  3. 9 de janeiro de 2013 às 12:38 AM

    Primeiramente, parabéns pelo seu blog. Eh lindo e muito bem redigido.
    Estava procurando no google sobre “a presença de negros na Bosnia e Hezergovina” e então encontrei seu blog.
    Como você, tenho um interesse imenso e carinho por esta região da Europa Oriental, sobretudo depois de estudar um pouco mais sobre a tragedia iniciada em Sarajevo, que iniciou em Abril de 1992. Todos as nações do mundo que passaram por desastres causados por humanos, me causam imensa atração e vontade de conhecer pessoalmente.
    Quero muito visitar esta nação.
    No entanto, quero muito obter mais informações, sobretudo a respeito da área ocupacional em Sarajevo e em cidades adjacentes, mais precisamente sobre o trabalho na área da SAÚDE.
    Tu tem algumas informações ou pode me indicar pessoas que podem tirar minhas duvidas sobre isso? Quero saber se lah existem TÉCNICOS EM ENFERMAGEM. E se eh possível fazer intercâmbio universitário, pois faço faculdade de Biomedicina. E as profissões como Tecnico em Enferamgem e Biomedico existem nesta nação? E para trabalhar eh necessário ter visto permanente?
    E eu quase não vi negros neste pais (pra falar a verdade, não vi nenhum, nas dezenas de videos e fotos que tenho), mesmo como turistas. As autoridades bloqueiam a entrada?
    Se possível, me responda para meu e-mail. E se quiser dar um “oizinho” no meu canal do youtube, fique a vontade também.
    Um grande abraço, bjs e tenha um excelente dia.
    🙂
    Imajo velik dan, Ju!
    :-]

  4. 1 de maio de 2012 às 8:22 PM

    descobri este blog por acaso e gostei mto! ou n tivesse eu visitado mtas destas cidades… tenho de concordar com a sua opiniao sobre a bosnia. estive la, e tbm na servia, croacia, eslovenia e montenegro, faltando-me apenas a macedonia, daquela que era a antiga jugoslávia. adorei todos, e fikei c um carinho especial pela bosnia, especialmente por mostar e sarajevo. superaram as minhas expectativas a td os niveis, e tenho-me fartado de fazer publicidade as pessoas sobre esses destinos, mas como sao pouko turistikos (felizmente) noto que sao sempre um pouko ceptikas kto a viajar para la… adorei as fotos, mto boas 😉 boas viagens!

  5. Alexandr
    23 de março de 2012 às 6:00 PM

    Лу, тебя уже в газетахпечатают?:) Поздравляю!:)

  6. 18 de março de 2012 às 12:47 PM

    Um dos melhores textos que li sobre viagens e cultura. Parabéns!

  7. 16 de março de 2012 às 5:55 PM

    Tambem tenho vontade de conhecer essa parte nao tao explorada por turista, quem sabe em breve 🙂

    • 16 de março de 2012 às 6:04 PM

      vá mesmo, Pri…o Leste Europeu pra mim é igual casa…me sinto em casa.Amo..

  8. VAL
    15 de março de 2012 às 11:51 PM

    Eu também fui pra Bósnia em 2010, durante um giro pelo Leste europeu. Achei Sarajevo linda! Mostar também é bem bonita, mas tem muitas ruínas e paredes que ainda conservam os buracos das balas. O que eu achei mais impressionante foram os cemitérios/memoriais em homenagem às vítimas da guerra, em praticamente todas as ´lápides o ano da morte é 1993…O mais legal é ver que o país está se reerguendo e dá pra perceber que o povo tem bastante orgulho disso!

    • 16 de março de 2012 às 12:14 AM

      q bacana…olha, é um país q quero voltar e explorar mais…

  9. José Luiz De Lorenzo
    15 de março de 2012 às 7:45 PM

    Cara tatuiana, também sempre que pude viajar para o exterior poucas vezes na minha vida, escolhi lugares de forte apelo histórico e cultural e de explosão da Natureza.
    Será uma herança de Tatuí em que no seu brasão está escrito “PER ARDVA SURREXI”, que significa “Ergui-me com dificuldades”?

  10. José Luiz De Lorenzo
    15 de março de 2012 às 7:32 PM

    CARA TATUIANA (SOU FILHO DE UMA QUE “PARTIU DESTA PRA MELHOR” EM 1998), PARABÉNS POR TER TENTADO E APROVADO ALGO DIFERENTE, BEM DISTANTE (AINDA) DOS ROTEIROS TURÍSTICOS TRADICIONAIS.

  11. lucia
    15 de março de 2012 às 6:52 PM

    oi Lú..é muito bom .ler sobre suas viagens….bj.

    • 16 de março de 2012 às 12:02 AM

      obrigada, Lucia !!! faz tempo q vc não aparece por aqui…bjoss !

  1. No trackbacks yet.

Adoro comentários ! respondo todos :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: