Início > Dicas, USA > Tipos de vistos USA

Tipos de vistos USA

ATENÇÃO !!! LEIAM TAMBÉM OS COMENTÁRIOS DESSE POST !!!
Gente, tem que tomar cuidado ao requerer o viso americano ! Tem gente que não consegue o visto por que leva um requirimento e pede outro tipo de visto, isso é crucial, eles não liberam mesmo.

O visto de turismo é o B2 — na hora da entrevista , é bom que você leve as passagens ida e volta (se tiver) , voucher do hotel onde você vai ficar, e também , se for pacote – o voucher do pacote todo. Chegando na imigração dos USA, também deve mostrar toda essa documentação. Se você tem o visto B2 , você não pode , de maneira alguma, ter nenhum tipo de trabalho remunerado nos USA. O formulário a ser preenchido é o D-156 e D-157. Máximo de permanência : 90 dias.

O visto de business (negócios) é o B1 — um visto muito comum entre os brasileiros também, pois é o tipo de visto para ir à conferências, convenções, treinamentos, reuniões, especialmente mandados pela empresa. Por isso que é bom levar toda essa documentação da empresa no Brasil e nos USA para a entrevista de visto. Também é um visto que não pode ter nenhum tipo de trabalho remunerado nos USA.O formulário a ser preenchido é o D-156 e D-157. Máximo de permanência :90 dias.

OBS. agora os vistos B1 e B2 é um só.

O visto para estudantes é o F1 ou M1 — são para aqueles que querem se ingressar em uma universidade americana ou até mesmo fazer escola ensino médio ou fundamental nos USA. Para requerer esse visto, é necessário que a faculdade ou escola americana aceite o aluno e mande uma carta de convite. A escola deve enviar um formulário chamado de I-20 , para que o aluno preencha corretamente e leve no dia da entrevista para o visto. O entrevistado também deverá levar todos os recibos de pagamento das taxas da escola e faculdade, isso é muito importante !!! E também, claro, levar um comprovante financeiro, para que possa provar que pode pagar a escola americana. O formulário de visto a ser apresentado, juntamente com o I-20, é o formulário D-158.

Visto para intercâmbios é o J1 — esse visto é para estudos temporários. Nesse visto, o aluno deve apresentar todos os vouchers e cartas da escola de intercâmbio que ele irá estudar, juntamente com comprovantes de depósito de pagamento e claro, as passagens ( se tiver ). O formulário desse visto é o DS-2019

Para agendar sua entrevista, é só entrar no site do consulado americano AQUI. 

Vá para a página : Informações e Agendamento , pague R$38,00 para agendar o dia de sua entrevista, e preencha todos os campos do questionário para saberem que tipo de visto você quer. Há uma outra taxa que você tem que pagar, antes da entrevista, apenas no Citibank , e o comprovante deve ser levado para a entrevista do visto. Essa taxa é de U$ 140. Depois, cada visto é um preço diferente.

Reúna documentos que comprovem que você tem fortes motivos para voltar ao Brasil, como boleto de pagamento de curso, carteira de trabalho, declaração de imposto de renda, contracheques, certidão de nascimento de filhos, certidão de casamento etc. Você não precisa ter uma passagem comprada para apresentar na hora da entrevista. O consulado até recomenda que você só compre a passagem depois que o visto for concedido, mas se você já tiver as passagens, leve-as. Olha, talvez eles nem peçam toda essa documentação ( isso depende muito da pessoa que está entrevistando ), mas é sempre bom levar tudo !!

Minha experiência ….Como a minha experiência nos USA eu era menor de idade, esses documentos todos e formulários eram preenchidos todos pelos meus pais. A entrevista quem fez foram meus pais, eu só entrei para eles verem minha cara. ( naquela época você entrava em uma salinha particular…..agora são apenas guichês…).

PS> vc pode fazer o visto através de um despachante. Mas não se engane ! a única coisa que ele poderá fazer para você é te auxiliar no dia da entrevista e conseguir uma entrevista mais rápida. De qualquer maneira, é a sua cara que vai à tapa…rs…( eu não pago despachante nem f*dendo).

Outra coisa para lembrar : não pode entrar com nenhum tipo de eletrônico no consulado : pendrive, camera, celular, mp3 — e o pior, lá não tem onde deixar esses eletrônicos !!!

Na época que eu fiz o meu visto, o Consulado Americano era pertinho da Paulista. Agora vejo que é outro endereço ? confere isso ??? ( que saco !!! ). Se alguém souber como chegar lá com transporte público e quiser falar aqui no comentário, eu agradeço !!!

Anúncios
Categorias:Dicas, USA
  1. Ana Lucia
    15 de janeiro de 2013 às 3:14 PM

    Boa Tarde, estou tirando meu visto de uma viagem de ferias aos Estados Unidos so a passeio ,vou ficar poucos dias. ,porem estou com uma dúvida :quando preenchi o formulário ds 160 coloquei o visto como B2 tem algum problema? ou deveria ter feito como B1/B2 tem alguma diferença?
    obrigada.

    • Daniel Brito
      16 de setembro de 2013 às 12:13 AM

      Oi Ana, tb fiz a mesma coisa, coloquei B2 ao invé de B1/B2. Minha entrevista é agora sexta feira dia 20. Gostaria de saber se vc alterou alguma coisa ou deixou como B2 mesmo.
      E se deu tdo certo pra vc.

      Obrigado.

    • Rodrigo
      14 de janeiro de 2016 às 8:37 PM

      eu coloquei b1 em vez de b1/b2
      tem algum problema ?! ta marcado pra dia 20 a entrevista .

  2. 25 de outubro de 2011 às 11:23 PM

    Lu, eu tirei meu visto de turista ano passado. Eles mal olharam na minha cara. as unicas coisas que pediram para ver foram os holerites meu e do Rui ( eu sera servidora publica) e me perguntou o que eu ia fazer. O senhor que me atendeu foi super simpatico e só me falou: “Boa viagem” rs…

    o endereço é lááá´no fim do mundo.. kkkk

    beijos

    • 26 de outubro de 2011 às 8:19 AM

      ahhh PRi, então para vocês eles já pediram o holerite…..bom saber !!!

  3. 25 de outubro de 2011 às 10:54 AM

    Eu tinha agendado para início de Dezembro, mas vou reagendar para Fevereiro

    Como vou viajar no final do ano, não quero correr o risco de ficar sem passaporte —vai que eles atrasam na entrega né…final de ano é sempre tudo confuso !!!

    • 26 de outubro de 2011 às 5:52 PM

      Só se der problema no correio Lu (o sistema de correio é operado por brasileiros, rs). Americanos são muitas coisas, mas eles sãm mega certinhos, com o correio funcionando ele chega na data prevista. Se eles prometerem despachar tal data despacham.

  4. 25 de outubro de 2011 às 9:11 AM

    Olá Lú tudo bem???

    Super útil esse post, ultimamente todo mundo quer tirar visto para os EUA mas é preciso ter algumas informações para conseguir isso…

    Beijinhos.

    • 25 de outubro de 2011 às 9:16 AM

      é sim, Deby, super importante saber dos detalhes…

  5. 24 de outubro de 2011 às 9:44 PM

    Mas ainda acho que pior que ter feições árabes, é ter sobrenome árabe !!! 😦

  6. Miss Me
    24 de outubro de 2011 às 9:05 PM

    ai cacete moça, toda vez que leio a palavra visto me dá prisão de ventre e pra piorar to me achando com cara de turca (minha mãe tem feições mouras porém suaves).

    • 24 de outubro de 2011 às 9:44 PM

      é, cara de turca ñ ajuda não..rsrsrs

  7. 24 de outubro de 2011 às 6:30 PM

    Tô meio perdida aqui… Talvez eu tenha de tirar o visto C1D… Mas pelo que sei esse visto só da direito à 72hs de permanência em território americano… No entanto, vejo um monte de gente falando que conseguiu visto de 5 e 10 anos. Mas não sei que tipo de visto é. Acho que é de TURISTA, pq a mãe da minha amiga conseguiu 5 anos, e ela foi somente visitá-la…

    • 24 de outubro de 2011 às 9:43 PM

      É o visto de turista normal, q todos pegam…o B2. É de 5 ou 10 anos.

    • 26 de outubro de 2011 às 6:02 PM

      Meu transito unico transito nos EUA foi carimbado como B2 e tem uma observação em baixo. Eu notei isso nas ultimas duas entradas em uma tem umas letras e na ultima te uma data mas não sei o que significa.

      Ah eu descobri agora que quem registrou meu nome errado no sistema americano foi o consulado, não a imigração em Laredo. Meu sobrenome está diferente no meu passaporte e visto. Mas eles já resolveram lá na imigração.

  8. 24 de outubro de 2011 às 4:39 PM

    Mas Ju, é só a taxa co Citibank entao ? nao tem que pagar + nada lá na hora além do SEDEX ???

    • 24 de outubro de 2011 às 4:45 PM

      Para o visto de turismo/negócios não. Só os $140 do Citibank e os R$ 21,00 do Sedex. Se você vai aplicar para outra categoria de visto, e esqueceu algum documento, vai ter que sair do consulado, tirar xerox (ou imprimir as folhas) e entrar de novo.

  9. 24 de outubro de 2011 às 4:38 PM

    nossa JU….50,00 para comer e beber lá ???rsrsrs….é um OUTBACK que tem lá dentro ??kkkkkk

    • 24 de outubro de 2011 às 4:42 PM

      Haha, não, é que você tem que pensar que vai pagar R$ 21,00 pro Sedex, e vai sobrar R$ 29,00 que é prá você comer/beber. A Coca-Cola custa R$ 6,00 – 2 Cocas e 1 pão de queijo já gastou os seus R$ 29,00.

  10. 24 de outubro de 2011 às 4:11 PM

    Meninas, vamos lá, fui hoje fazer a entrevista.

    1. Até 2 anos atrás, existia distinção entre visto de turismo (B2) e o de negócios (B1) – ATUALMENTE, quem solicita o de turismo já consegue o de negócios (no visto virá escrito B1/B2).

    2. Agendei em julho minha entrevista que aconteceu hoje – fiz tudo pela internet – e o horário que havia disponível era 7h15.

    3. Para o visto de turismo/negócios, OS ÚNICOS DOCUMENTOS QUE TEM QUE LEVAR SÃO:
    • 1ª folha do formulário de agendamento da entrevista (contém a data do agendamento, o endereço do consulado e um código de barras);
    • 1ª folha do comprovante do preenchimento do formulário DS-160 (ele terá uma foto e um código de barras);
    • 1 foto 5×7;
    • Recibo do Citibank com o pagamento da taxa (é só levar o passaporte na agência do Citibank, se dirigir ao caixa e mencionar que quer pagar a taxa do visto americano);
    • Passaporte válido por no mínimo 6 meses.

    Se a pessoa quer se garantir, o máximo que ela pode levar é a cópia do último imposto de renda – para assegurar que ela é mesmo residente no Brasil.

    Lembrando que, para visto de turismo/negócios nenhum funcionário pedirá passagem aérea, comprovante de hospedagem, recibo do IPTU, documento de carro, e principalmente extrato bancário.

    Para o visto de estudante, a coisa começa a ficar burocrática: documento de matrícula do curso, extrato bancário para as despesas totais, hospedagem, além de todos os documentos que eu já citei, só que o formulário é outro.

    Para o visto de trabalho, é ainda mais burocrático: são fornecidos 190.000 vistos desse tipo por ano para o Brasil inteiro. Quem requere é a sua empresa, e se você sair da empresa você perde o visto. O bom é que quem faz o trâmite todo é a empresa.

    4. No total são 6 filas que se pega:
    • Fila da calçada (a minha tinha 2 quarteirões – aprox. 100mts);
    • Fila dentro do consulado antes de passar pelo Raio-X (aprox. 100mts);
    • Fila para entregar o passaporte e os documentos e pegar a senha para a impressão digital (se o funcionário do consulado tiver dúvida sobre sua documentação, você será convocado para ser pré-entrevistado e terá que ficar em outra fila de espera);
    • Fila de espera para tirar as impressões digitais e;
    • Fila para a entrevista;
    • Fila para pagar o Sedex de envio do passaporte com o visto.

    Depois do Raio-X tudo vira uma “muvuca”: imagine uma área aberta, cheia de pessoas, cheia de filas que se cruzam, cheia de guichês e gente falando alto… é bom ter paciência, pois há poucos bancos, quase todas as pessoas ficam de pé aguardando que sua senha apareça no letreiro. Não é um bicho de 7 cabeças, mas brasileiro complica as coisas.

    5. Os entrevistadores falam espanhol, alguns poucos falam um português ruim e todos falam inglês. Eu fiz minha entrevista em inglês.

    6. Eu cheguei às 07h. Saí de lá às 9h30. Achei que foi bem rápido, mas, uma senhora com quem conversei, me disse que quando ela foi tirar o visto dela, ela chegou às 06h e saiu de lá às 17h. Concluindo: melhor tirar o dia no serviço.

    IMPORTANTE:
    1. Não pode entrar no consulado:
    • Aparelhos eletrônicos (celulares, máq. fotográfica, pendrive);
    • Nenhum objeto que utilize baterias;
    • Fones de ouvido, cabo USB;
    • Objetos cortantes (trim, tesoura, estilete)

    2. Do lado de fora do consulado, há:
    • Guarda-volumes (custa R$ 5,00)
    • Impressão de documentos (isso aqui é só na última necessidade MESMO, tipo, a pessoa não tem impressora – meu caso – eu levei os PDFs no pendrive, e imprimi 2 folhas de sulfite pela bagatela de R$ 20,00 por folha. Isso mesmo, paguei R$ 40,00 por 2 folhas sulfite – queria morrer).
    • Lugares para tirar a foto 5×7″

    3. Do lado de dentro do consulado, há:
    • Uma lanchonete (bem cara);
    • Lugar para tirar a foto 5×7″ (R$15,00)

    4. Uma moça que estava no guichê ao meu lado teve seu visto negado. E de repente eu ouço o seguinte comentário da funcionária do consulado (eles estavam conversando em inglês dentro dos guichês): “Feição muito árabe, não tem cara que vai fazer algo produtivo por lá.” A meu ver, entendo que, pode ser que eles façam seleção por fisionomia também.

    5. Não precisa ir de roupa social, nem de salto… aliás, eu acho melhor é não ir. Porque não dá para saber quanto de fila você irá pegar.

    Lú, desculpa escrever tanto. Mas imagino que as mesmas dúvidas que eu tive, as pessoas também podem ter.

    Bjos, Jú

    • 24 de outubro de 2011 às 4:29 PM

      Eu já tive visto negado e minhas feicoes sao arabes de nariz pequeno. Meu cliente tem feicoes arabes e quase foi deportado (foi por causa do que houve com ele que sugeri o post para a Lu). Agora tenho uma amiga que é arabe mesmo, com cara de arabe, com o passaporte todo trabalhado a visitas a siria, emirados, libano e nunca teve o visto negado (mas ela sempre vai para a individual da TSA, rs) O poder tá na mão do consul, tem os legais e os preconceituosos sim. Mas é relativo.

      Essa historia de B1/B2 para todo mundo é mito. Usei isso de argumento para evitar a deportação do meu cliente em setembro mas se o consulado achar pertinente ele pode ter fornecer só um desses vistos mesmo que a solicitação seja para os dois. (ou nenhum, rs) E vc pode ser sim deportado se entrar de ferias nos USA com B1 e vice versa, ai vai do oficial de imigracao. Meu cliente pegou um tenso e nao fosse, bom, vamos colocar como meu poder de argumentacao, ele teria sido deportado.

      De resto concordo.

      • 24 de outubro de 2011 às 4:35 PM

        olha só…to adorando os relatos de vcs duas….obrigada meninas ! muito informativo tudo isso…

        acho que com fisiononmia nao terei problemas..rsrsrsrsrsrs

        mas tbém só de eu ter morado lá e estudado na faculdade de lá, talvez eles tenham essa info ?

      • 24 de outubro de 2011 às 4:39 PM

        Isso do visto B1/B2 eu perguntei para o entrevistador. Na verdade, eu sabia que tiraria o B2 e como meu marido tem o B1/B2, eu perguntei se poderia ter os 2 também. Ele me disse que depois do acordo de validade 10 anos, todos os vistos para turismo já englobam os de negócios – e que a taxa de $60 para ter o B1/B2 já não era mais necessário ser paga.

        Agora, se isso vale para todos, não sei. Só posso dizer que foi a informação que eu tive do meu entrevistador.

        Do mesmo jeito que, quando tirei meu 1º visto americano em 1995, o cônsul selecionava as pessoas na fila, e a quantidade de vistos emitidos por dia dependia do bom humor dele. Haviam pessoas vendendo os 1ºs lugares da fila. Ridículo. rs.

      • 24 de outubro de 2011 às 7:26 PM

        Então você recebeu a info certa do consul. Mas ele não te explicou o que a supervisora da imigração me explicou: O preço é o mesmo, não tem taxa extra mais realmente. Mas se vcoê não tiver “perfil” de B1 por exemplo eles poderiam te negar sim esse visto. E vice versa. B1/B2 não é uma categoria de visto, são dois vistos parecidos que eles começaram a emitir juntos para facilitar as coisas. Mas não é sempre que isso acontece…

        O visto do meu cliente era de 2010 e é só B2, 😉

    • 24 de outubro de 2011 às 4:31 PM

      Esqueci de mencionar que o passaporte demora de 1 à 10 dias úteis para ser entregue.

      • 24 de outubro de 2011 às 7:46 PM

        Aqui tbm não tem muita regra.

        Tive visto negado em 2007, fazendo MBA aqui, bem empregada, ganhando bem e em 2008, com só 2 meses na empresa nova consegui agendamento emergencial sem despachante (mandei um e-mail explicando minha urgencia e bem, americanos funcionam muito bem com numeros sua visita render alguns milhoes para eles sempre ajuda) Eles queriam marcar minha entrevista para o dia seguinte. O entrevistador me fez 3 perguntas, quanto tempo eu trabalhava na minha empresa, se eu gostava e quanto eu ganhava. Fiz até uma piada, falei para ele que ganhava menos que eu merecia, ele riu e me mandou para fila do Sedex. Fiquei menos de uma hora dentro do consulado da ultima vez, da outra vez perdi a manha toda. Se vc vai ter o visto ou não depende do seu perfil, do consul que vai te entrevistar, o que você vai fazer nos EUA, do posicionamento das estrelas e o alinhamento com os planetas… rs

        Já tive amigas na mesma situação que vc (3a. renovação) que foi negado em 2009. Ai esse ano ela conseguiu pq ia viajar a trabalho.

        E Lu não é só a imigração que te “julga” as cias aereas tbm mapeiam os passageiros “de risco”. E eu acho que eles avisam a TSA. Não acho que é mera coincidencia o fato de toda vez que eu voo cia aerea x (nao quero piorar meu status com ele, hahahahahaha) eu ter revista privada, checagem de quimicos e da minha mala despachada ser aberta sem excessão pela TSA. Isso só acontece com essa cia aerea, todas as outras passo direto. Nao acredito que seja pela minha cara e sim pq passo um mes por ano no norte do mexico, e tenho perfil de “mula” hahahahahahaha. Minha chefe é flagged em outra cia aerea e um contato forte explicou mais ou menos como era esse processo.

        Os critérios são muito confidenciais e alguns podem ser subjetivos. Se é justo não cabe a mim julgar. Mas que fiquei p*ta em 2007 fiquei, rs.

        A única coisa que eu GARANTO que funciona everytime é se sua visita for render alguns milhões para economia americana. Ai vc emite visto até na imigração, se tiver sem, rs. Mas tem que ser verdade, 😉

    • 24 de outubro de 2011 às 4:33 PM

      MEODEOS !!!!! eles disseram feiçao arabe ??? entao há visto negado por fisionomia sim !!!

      • 24 de outubro de 2011 às 4:50 PM

        Disseram. Triste.

        Agora, o fato de eu já ter tido 2 vistos americanos acho que ajudou sim. Porque durante a entrevista, que durou no máximo 10 minutos, ele perguntou se eu já tinha ido aos US e o nome da universidade que eu fiz o mestrado. Perguntou o que foi que eu fiz com o visto (que já está vencido obviamente) e de resto, foram mais perguntas profissionais, como qual meu cargo, em que tipo de empresa eu trabalho atualmente, perguntou quem iria viajar comigo. Não mencionou nada de salário.

    • Marisa
      24 de outubro de 2011 às 11:39 PM

      Sabe dizer se já tenho que levar paga a taxa do citibank da minha cidade ou tenho que pagar antes de entrar em alguma fila?
      Tem citibank lá? qual é o valor para turista?
      obrigada

      • 25 de outubro de 2011 às 10:40 AM

        Você pode pagar a taxa em qualquer agência do Citibank do território nacional.

        Não há agências do Citibank dentro do consulado ou mesmo na rua do consulado – ou seja, não deixe para tentar pagar no dia.

        No meu caso, meu marido levou meu passaporte na agência, e pagou para mim – ou seja, não precisa ser o titular do passaporte para pagar a taxa.

        O valor é $140 – o valor em reais vai depender da cotação do dólar do dia.Somando todas as taxas que eu tive que pagar: R$ 38,00 + US $40 + R$ 15,00 + R$ 21,00 = meu visto custou R$ 326,00 – Como eu ainda tive que atualizar meu passaporte, some mais R$ 180,00.

      • Marisa
        25 de outubro de 2011 às 12:44 PM

        Obrigada Juliana. Neste novo consulado vi que tem muita coisa diferente. Valeu a dica. Já vou sair da minha cidade com a taxa paga! Não querendo abusar e já abusando da santa paciência, do aeroporto até lá, alguma dica especial? Vou chegar pelo Congonhas.

  11. 24 de outubro de 2011 às 4:11 PM

    Ae Lu acho que você vai ajudar muita gente

    Deixa eu te contar uma coisa, todas as vezes que entrei nos EUA minha permanência autorizada foi de 180 dias (meu visto é B1/B2).

    Bjs

    • 24 de outubro de 2011 às 4:21 PM

      Entao, agora é B1/B2 junto….legal !!!

      • 24 de outubro de 2011 às 4:34 PM

        Nao é para todo mundo não… Fui falar isso para a supervisora da imigração no caso que te contei e menina levei uma invertida que fiquei até tonta (a unica tbm) Resumindo: o padrao é B1/B2 mas o consulado tem o direito de dar um só.

  12. Evi
    24 de outubro de 2011 às 1:20 PM

    Oi Lu.

    Agora o consulado americano fica na região de Santo Amaro. Ele está mais ou menos perto do Shopping Morumbi.
    Acho que o endereço é este:
    Rua Henri Dunant, 500 – Santo Amaro

    Bjs.
    Elvira

  13. Marisa
    24 de outubro de 2011 às 11:13 AM

    Lu muito bom este artigo. E vc leu no site que não pode entrar com eletronicos, nem celular, nem pendrive e que não tem um espaço para guardar lá no prédio do visto?
    Eu li no site e fiquei impressionada. Não sei como chegar e minha entrevista está marcada para dezembro.

    • 24 de outubro de 2011 às 11:21 AM

      afff…mas aonde deixo minhas coisas ???

      • 24 de outubro de 2011 às 4:15 PM

        Nao leva. FALANDO SÉRIO! A entrada no consulado americano só não é pior que a revista individual da TSA. Em 2007 eles tiravam sua bateria do celular. Hj simplesmente nao se entra com qq tipo de eletronico. Marque sua entrevista para o primeiro horario, chegue pelo menos 1 hora antes que ai vc fica pouco tempo lá dentro.

      • 24 de outubro de 2011 às 4:28 PM

        Bem na hora do Raio-X fui notificada que estava com um cabo USB na bolsa. Eu tive que sair da sala, jogar o cabo fora e entrar na sala de novo.

        Você pode até levar suas coisas, mas coloca em um dos guarda-volumes que têm do lado de fora do consulado – espalhados ao longo da rua. Na hora que entrar, leve SOMENTE sua documentção e os R$ 21,00 reais do Sedex para o envio do passaporte. Se quiser comer/beber algo lá dentro, leva R$ 50,00.

  14. 24 de outubro de 2011 às 10:19 AM

    ai que saco isso !!! antes era ali perto da Paulista, tão perto e fácil de ir !!!

    • 24 de outubro de 2011 às 4:25 PM

      Dá para pegar o trem espanhol (o da Marginal Pinheiros) descer na estação Morumbi, e ir andando. Fica numa rua na parte de trás do shopping. Deve ser uns 2km da estação.

  15. Patricia
    24 de outubro de 2011 às 10:17 AM

    Sim, confere, fica próximo a Berrini. Agora esqueci o local exato.

  1. No trackbacks yet.

Adoro comentários ! respondo todos :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: