Imprensa

Novo artigo no jornal É Notícia

“Tulipas em Novgorod” foi um texto inspirado no texto “Corra Lola , Corra” — CLIQUE AQUI para ver o texto..!

Jornal É Notícia – Tatuí/SP

Anúncios

2 comentários em “Novo artigo no jornal É Notícia”

  1. Eta Lu
    Voce está muito famosa!
    sábado, 23 de julho de 2011
    Noruega
    Há mais de três décadas, fui viver para a Noruega. Era um dos países mais pacíficos do mundo. Recordo-me de ver o primeiro-ministro percorrer a pé a rua Karl Johan, no caminho para a estação de caminho de ferro e de me cruzar com ministros de bicicleta. Vivia-se em Oslo um sentimento de segurança quase plena.

    O rei da época, Olav V, costumava passear-se de elétrico, como qualquer vulgar cidadão. Um dia, deparei com uma cena deliciosa. Olav V, já nos seus 80 e tal anos, conduzia placidamente um carro pelas ruas da capital, apenas com uma pessoa a seu lado. A certo passo, parou numa passadeira, para deixar passar uma senhora. A meio da travessia, a senhora reconheceu o soberano e faz-lhe uma vénia. O rei retribuiu o gesto e, por uns instantes, ambos repetiram as vénias, numa coreografia de mútuo respeito, recheada de sorrisos.

    Era assim a Noruega, desse final dos anos 70, do século passado.

    A Noruega é, de há muito, um país dedicado à paz. Talvez não por acaso, o respetivo prémio Nobel, contrariamente a todos os outros, é decidido e atribuído em Oslo. Ao longo de muitos anos, os governos noruegueses empenharam-se, em diversas ocasiões e cenários geopolíticos, em operações de paz, sendo também protagonistas, de há muito, de importantes processos de ajuda ao desenvolvimento. E, convém não esquecer, foi em Oslo, e com os noruegueses, que a causa palestiniana deu passos que só não foram decisivos porque Arafat, como alguns diziam, “nunca perdia uma oportunidade para perder uma oportunidade”. A diplomacia norueguesa é, de há muito, uma diplomacia de bem.

    Ontem, uma bomba explodiu, causando muitas vítimas, junto à sede do governo norueguês. Ainda não se sabem as causas desta barbaridade. Tudo muda, até a pacífica Noruega.

    Deixo um abraço solidário a todos os meus amigos noruegueses, cidadãos de um país com o qual Portugal tem, desde sempre, excelentes relações, reforçadas pelo generoso apoio dado pela Noruega ao processo de desenvolvimento português, no pós-25 de abril.
    Publicado por Francisco Seixas da Costa às 00:07 1 comentários
    sexta-feira, 22 de julho de 2011

    Read more: http://duas-ou-tres.blogspot.com/#ixzz1SsdgyVMF

Adoro comentários ! respondo todos :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s