Início > Bahia, Brasil > Indo pra Salvador….alguém tem alguma dica ???

Indo pra Salvador….alguém tem alguma dica ???

Algo me diz que esse blog vai ficar muito colorido nesse final de ano……..

ah ! contarei tudinho, claro….

Anúncios
Categorias:Bahia, Brasil
  1. Rodrigo Araújo
    18 de janeiro de 2014 às 7:19 AM

    Com relação as pessoas que criticam Salvador, é melhor parar com a hipocrisia! E o Rio, e São Paulo? Não fede, não tem pobreza, não tem mal educados, e também não existem! Salvador tem os problemas relacionados a densidade populacional que possui (muita gente, pouco espaço). Concordo que cabe aos políticos cuidarem melhor da cidade! Eu diria que Salvador está passando por uma péssima administração pública, e digo isso porque já morei lá! Mas certas pessoas adoram exagerar nas críticas.

  2. Michel
    9 de dezembro de 2011 às 11:54 AM

    Aff!!!
    Quem fala mal de salvador,não conhece a cidade!!!

    • 9 de dezembro de 2011 às 12:00 PM

      Eu adorei Salvador, Michel !!!

  3. Carlos Magna
    13 de outubro de 2011 às 1:51 AM

    A cidade fede MUITOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO! Aquele cheiro que arde as narinas, você consegue demorar segundos para bater uma foto. Minha prima com uma criança de colo implorava ajuda para pegarem uma pequena bolsa de mão que caiu e o cara “afro descendentes” super, hiper mau encarados olhavam e ignoravam… São muito, eu disse muito mau educados mesmos… A quem diga malandro. A viagem foi horrível, a vista do Lacerda foi a única coisa que guarde de bom… Até hoje, brincamos e dizemos que se o brasil fosse uma pessoa, o feofó defe ficaria na Bahia. Como fede meu Deus, como fede! Tantos mendigos, ruas malucas, droga, prostituição… Lá é tudo elevado ao quadrado. Quem sabe o povo que diz que mora e gosta não se acostumou coma sujeira? Ninguém olha por essa cidade? Cadê os governos? Se estava pensando em ir, não gaste mais que um dia lá e pegue um voo para João Pessoa ou Recife! Vai ser inesquecível!

  4. 17 de dezembro de 2010 às 1:35 PM

    Oie!!!
    Da Bahia eu só conheco Arraial, Trancoso, essas bandas…

    Vou esperar vc contar tudinho sobre Salvador e colocar um montão de fotos. Depois pego dicas e vou tambem. Quem sabe até consiga que Selma seja minha cicerone… Hahahahahahah!!!

    Bjão!!!

  5. 17 de dezembro de 2010 às 9:53 AM

    Eu to de boca aberta com todas as coisas que li sobre salvador por aqui….favela na beira da praia? sujeira? fedor? pobreza extrema???
    Meu, do jeito que as pessoas estão falando aqui salvador é praticamente um Haiti no momento pós terremoto…e não é mesmo isso!
    Concordo que a abordagem ao turista nos pontos turisticos é algo chato, pelourinho, mercado modelo…bonfim. Mas isso um bom viajante contorna legal,até pq a regra universal do cordialismo tbm acontece aqui!
    Estou de volta a capital baiana tem mais de 1 ano, mas já morei aqui dos meus 21 aos 25 anos(morei sozinha pra fazer faculdade) e posso garantir…NUNCA FUI ASSALTADA, ROUBADA, ABORDADA…é uma cidade tranquila para se passear, andar a pé ou de onibus, deixar o carro estacionado na rua ou até mesmo curtir a noite..claro, vacilão é um alvo facil em qualquer lugar do mundo!
    A cidade tbm da um grande valor a limpeza de suas ruas e ta no caminho para se ter uma segurança exemplar nas ruas. Em todo momento vc verá margaridas e garis fazendo a manutenção da limpeza nas ruas, o policiamento é presente…seja andando pelas ruas no comercio, seja na bike pela orla,à cavalo e blitz periodicas. A noite a orla é completamente iluminada e o pelourinho tbm. Alguns meses atras teve-se uma revitalização nas areias da praia tirando os quiosques que se formaram na informalidade por anos e hj de ponta a ponta vc ve uma area livre e linda…sim! A orla da cidade de salvador é linda…imagine eu que moro em itapuã e contemplo essa vista todos os dias quando vou trabalhar…isso existe em sp? curitiba? bh???…é uma dura realidade….não!
    Sou apaixonada pela cidade, mas não sou cega a ponto de não ver seus pontos fracos, mas sinto mto quando alguem que vem pra cá, não conhece 1% da cidade e toma essa pequenina parte como verdade absoluta como um todo…isso é errado e preconceituoso e lamento por uma pessoa dessas não ter a mente aberta para enchergar a beleza que cada lugar oferece!Viajante é aquele que não esta a merce do pacote turisto, vai alem disso, descobre lugares fantasticos, conhece pessoas que em sua simplicidade lhe mostra os costumes do lugar e é isso que torna tudo mais bonito!”Cada ponto de vista é a vista de um ponto”, cabe a vc escolher qual ponto quer enchergar!
    Venha que vamos passear mto por aqui!
    bjosss

  6. Vi
    16 de dezembro de 2010 às 4:15 PM

    Oi Lu
    Credo menina. Do jeito que o povo fala até parece…
    Eu MORO em Salvador. Nasci em Curitiba, morei em Joinville, Florianópolis morei em vários países da Europa (Alemanha, Suíça, Espanha e Inglaterra) e parei aqui em Salvador.
    Sou Professora da Federal daqui e posso falar de cadeira desta cidade. Moro aqui há 2 anos.
    Salvador é muito melhor do que as pessoas imaginam. É uma cidade com problemas como qualquer outra, e não tem este negócio de favela na praia não.
    A cidade tem crescido muito, e com este crescimento projetos de planejamento do mesmo não param.
    Pena que você virá no dia 17, pois bem neste dia estou indo viajar, senão iria me oferecer para ser sua guia! Adoro conhecer pessoas e concordo contigo que existe uma diferença enorme entre viajante e turista.
    Aqui vale a pena conhecer:
    – Litoral Norte (Praia do Forte, Imbassaí);
    – Praia do Flamengo;
    – Restaurante do SENAC no Caminho das Árvores (o melhor restaurante de comida baiana da cidade e com uma vista maravilhosa), fica pertinho do Shopping Salvador;
    – Aquela coisa de turista (Farol da barra, Forte da Barra, Morro do Cristo). Eu moro bem pertinho deste Morro;
    – Solar do Unhão. No sábado a tarde tem um concerto de jazz maravilhoso ao ar livre e vendo o pôr-do-sol;
    – Bahia Marina (principalmente a noite);
    – Mercado modelo;
    – Elevador Lacerda;
    – Pelourinho, vale a pena ir na Igreja da 3º ordem de São Francisco. Procure não aceitar dos vendedores as fitinhas de Bomfim. Nem no Pelourinho e nem no Bomfim, diga a eles que você mora na cidade. Ultimamente a polícia tem ficado em cima deles e limita as abordagens. O Pelourinho realmente é um local histórico e antigo, com riquezas para quem aprecia história como a visita aos vários museus e também uma certa desorganização, mas tem melhorado muito. Vale a pena também visitar o Hotel do Convento e ir no bar de lá de dentro nem que seja para tomar uma água;
    – Depois uma visita à igreja do Bomfim e aproveite para ir na Ribeira tomar um sorvete na sorveteria famosa;
    – Tem um ônibus de turismo no qual se paga R$30,00 o dia e visita a maioria destes lugares.
    – No aeroporto tem um ônibus executivo que faz o trajeto pela orla e vai até o centro. Não sei onde você ficará, mas vale a pena pegá-lo.
    – Com os taxistas é só conversar direitinho que não há problema não. Há mim, nunca ninguém me enganou em nenhum local deste país. Vale a pena se for sair a noite!
    – Os ônibus normais tbém são como de qualquer outro local do país;
    – Sobre violência o povo exagera muito. Antes de vir morar aqui, me assustaram demais e até hoje nunca vi nada acontecer, quando morava em Curitiba aconteciam coisas bem piores na rua.

    Tenho certeza que você vê o mundo de outra forma, pois já teve contato com todas as culturas. Nosso Brasil é assim, multicultural e nele sempre temos algo a aprender.

    Boa viagem e aproveite bastante!

    Bjs

  7. 16 de dezembro de 2010 às 3:43 PM

    Todos os lugares do mundo têm coisas legais e não legais. Mas, no Brasil, parece que fora de cidades aonde as pessoas têm um pouco mais de educação, a limpeza simplesmente não existe.

    Concordo que, os Centros Históricos têm cheiro de xixi, a 25 de março, em alguns pontos tb – mas Salvador, valha-me Deus. Não digo pelo estado, a Bahia tem um valor histórico e afro-cultural inestimado – só que dizer que a Bahia é o melhor lugar do mundo, é tudo, e ainda mais quando um artista diz isso, é no mínimo exagero ao quintúplo.

    Bem, não precisa dizer muito… esse nosso governo que nunca faz nada, precisou criar em Salvador multa e proibir as pessoas de fazerem xixi, principalmente nas pontes, que estavam corroendo.

    A Charmene falou tudo quando te alertou para não deixar ninguém colocar fitinhas do Bonfim na tua mão – ainda bem, que você estará siceroneada pela Selma, que conhece e que fala com sotaque daí, porque sozinha acho que seria complicado. A fitinha indica quem é turista.

    Eu não andei de ônibus em nenhuma das vezes em que fui, só andamos de táxi pois as distâncias eram grandes – então não sei avaliar como seria. Eu tive uma visão bem pequena do que é a Bahia, mas, me assustei com a pobreza já no centro da cidade e no interior, que é para onde meu pai vai algumas vezes por ano, e que é bem pior. Eu nunca tinha visto a pobreza pobreza de perto, de pessoas que não tem nada. Nada mesmo. Fico triste com isso, porque Salvador é turístico o ano inteiro. E é patrímônio pelo IPHAN.

    Realmente, brasileiro não sabe explorar o turismo. 😦
    Se divirta muito Lú, tome cuidado sempre!

    Leve roupas BEM leves – você vai entender isso quando colocar o pé para fora do avião no aeroporto. E use protetor solar 50.

    Bjos, Jú

  8. Poli L.
    16 de dezembro de 2010 às 2:26 PM

    Oi Lu! Estaremos pertinho, então? Passarei o Ano Novo em Recife, na casa do meu pai! Beijos e boa viagem!

  9. 16 de dezembro de 2010 às 12:45 PM

    A cidade é suja sim e a orla não é muito bonita, ao contrário das outras capitais do nordeste, as favelas ficam a beira mar (menos em Ondina e na Barra. Do Jardim de Ala até Itapuã a orla é bonita. Eu corri do Jardim de Ala até a Barra e só foi agradável no início e no fim.
    O Pelourinho é legal, tem muitos restaurantes bons lá, mas é muito sujo e tem que ter cuidado.
    A Praia do Forte é linda, Morro de São Paulo também. (Aliás, o melhor da Bahia, para mim, são as praias e a Chapada Diamantina).
    Os taxis de lá tem uma cobranças estranhas, para duas pessoas é bandeira um, para três é bandeira dois. Vai entender.
    Boa viagem!

    • 16 de dezembro de 2010 às 1:47 PM

      vixiiii , sou viajante e não turista, TAXI nunca!!!!

  10. 16 de dezembro de 2010 às 9:45 AM

    Dicas eu não tenho porque estive lá ainda nos anos 90, faz tempo! A cidade é linda, paisagens lindas, muito para conhecer e aproveitar. As pessoas em geral são simpáticas, mas ninguém acreditou que eu era brasileira e alguns me diziam “vai embora daqui, sua estrangeira”. Deve ser a minha cara de caipira! rs
    Também acho que as capitais brasileiras são muito sujas, não é só Salvador. Morei em São Paulo, Rio, Paraná e Rio Grande do Sul e vi mais partes sujas do que limpas.

  11. 16 de dezembro de 2010 às 9:15 AM

    Eu morei lá lu xDD mas faz muito tempo, era criança

    mas óbvio: não deixe de visitar o pelourinho, vá ao mercado (você pode visitar a parte de baixo, onde os escravos ficavam), vá ao solar da unhão (o fim de tarde lá é lindo), palácio do governador a lagoa do abaeté também é bem legal, tem tantos lugares, tem igrejas lindas também… :))
    e só cuidado pra não sair sozinha à noite em lugares mais desertos… 🙂 mas acho q isso é em qualquer lugar né
    boa viagem!!

    (e quanto ao rock in rio, comprei meu card mas ainda não chegou :SS)
    beijo!

  12. 16 de dezembro de 2010 às 1:54 AM

    venha nêga!
    e tire suas proprias conclusões!

    bjossss

  13. Angela
    15 de dezembro de 2010 às 10:39 PM

    Lu,

    Para gostarmos de algo precisamos experimentar, sendo assim aproveite a sua viagem. Conheço pessoas que foram para Salvador e adoraram. Cheiro de urina e sujeira tem na maior parte do Brasil, pois infelizmente o povo brasileiro as vezes esquece a educação em casa. Boa viagem! Bjs!

  14. Elvira
    15 de dezembro de 2010 às 9:16 PM

    Que legal!!!
    Conta tudo viu?

    Bjs.
    Elvira

    http://evipensieri.wordpress.com/

  15. 15 de dezembro de 2010 às 8:38 PM

    Sim eu conheço Salvador, rs. Aliás acho que só não conheço o Piaui no Nordeste, rs. Vou colocar na lista. Ah, tem Alagoas tbm!

    Na primeira parte da viagem eu fiquei em um resort em Stella Maris. Não recomendo a praia é muito longe. Mas recomendo o resort.
    O melhor lugar na Barra é na ponta, depois do farol, perto da ladeira. Lá é ótimo para pegar praia.
    Sim, Salvador fede. Especialmente o centro histórico.
    Não entre em becos esquisitos sem supervisão ali perto do elevador Lacerda. Aliás em lugar nenhum.
    Não deixe que amarrem pulseiras do Bonfim na sua mão… se insitirem grite.. Ou finja que não fala português e saia andando. O bahiano é muito charmoso, insistente e adora pegar turista no pulo (eu não quis dizer folgado, mas alguns diriam isso). Ele vive disso.
    Coma Acarajé. Eu comi um em uma travessa da ladeira da Barra que tenho alucinações até hoje com ele. É na frente de um Mc Donalds, perto da casa da Ivete Sangalo (rs)
    O Mercado Modelo vale a pena se vc não está acostumada a ir para o Nordeste. Feira de artesanato do Nordeste é tudo igual. A mesmissa coisa. Daqui a pouco vou começar a ver Made in China debaixo dos itens.

    Acho que é isso. Estou ácida hoje. Ah tem um motivo…

    Guarulhos está parecendo o Terminal Rodoviario do Tiete… estive lá hoje Deus queira que vc tenha tido a iluminação de ter comprado um bilhete da Azul e vai de Viracopos. Eu não recomendo Guarulhos para o Nordeste nem para o meu pior inimigo nos proximos dias. Se for seu caso, chega beeem cedo, arme-se de paciencia, e faz um manual de etiqueta aerea para distribuir para o pessoal, porque tem bastante viajante de primeiro voo.

    Beijos

  16. 15 de dezembro de 2010 às 8:15 PM

    Lu, estive 20 dias em 2005 e foram as ferias mais lindas que tive na vida!!
    A cidade fede sim, vc ja foi ver carnaval em SP ou no RJ, é igual!
    mas olha só eu estou em buenos aires hj, e na rua que estou hospedada tem prostituta e mendigos!e eu vim a pé do escritorio ate o hotel! nao dou mole na rua mas nao fico apavorada nao!!
    as praias valem a pena!!
    Abaeté fui abordada por um suposto vendedor de bijou que era vendedor de drogas, mas eu disse que nao queria e ele nao voltou mais
    sei la amiga, pra mim é normal, todo lugar tem bandido, mendigo, fala se nao???

    bjs

  17. 15 de dezembro de 2010 às 7:21 PM

    Estive em Salvador faz pouco tempo e gostei MUITO. O centro histórico, Pelourinho e arredores, realmente cheiram mal, mas não precisa ir muito longe para sentir isso. Basta dar uma volta no centro de SP, passar o Carnaval em Ouro Preto, ir até a Lapa no RJ, ou seja, que vc sentirá o mesmo odor. Não leve isso em conta. Como em toda cidade grande, há riscos sim, há muito pedinte, muita criança na rua, há muita pobreza e subemprego, porém, é uma cidade linda e tem excelentes atrativos. Principalmente o povo baiano, que é super receptivo. Você precisa conhecer!

    Estando lá, é fácil chegar na Praia do Forte (Projeto Tamar), que é lindíssima! Além disso, se tiver com tempo, recomendo dar uma esticadinha até Morro de SP, que é sensacional! A menos de 15km, você chega de balsa na Ilha de Itaparica, bem como a Aldeia de Arembepe, famosa pelos famosos que lá estiveram (Raul Seixas, Paulo Coelho e cia), tenha cuidado na Lagoa do Abaeté, apesar de interessante, é um pouco considerado perigoso, pois um amigo meu de lá disse que virou ponto de trafico e consumo de drogas; não perder um fim de tarde com direito a por do sol no Solar do Unhão! Aproveite para comer por lá, pois é gostoso! Sem falar no restaurante japonês Soho que fica pra dentro do mar e tem um visual absurdo! Ahhh, o Forte, a Igreja do Bonfim, Mercado, Elevador Lacerda, acarajés de rua (comi e não morri), enfim, muita coisa legal SIM para se ver em Salvador.

    Eu recomendo! Qualquer dúvida, entre em contato em @aguilera13.

    Beijo!

  18. 15 de dezembro de 2010 às 7:08 PM

    Ai ai ai Lu…. que dureza.. leve um prendedor para tampar o nariz..rsss

    • 15 de dezembro de 2010 às 7:11 PM

      poxa !! rsrsrs

      vou espirrar meu perfume por lá…

  19. Ana Flávia
    15 de dezembro de 2010 às 7:03 PM

    Isso é verdade mesmo, a cidade fede muito por que o baiano faz xixi nas ruas, sem o menor pudor, é nojento.

    Não coma nada nas ruas ou quiosques, por que é uma sujeira total, e o odor é horrível.

    O melhor é comer em shopping, ok ?

    Gostei muito das praias ao redor de Salvador. Fui lá com meu marido ano passado e aproveitamos muito as redondezas, por que Salvador mesmo não é nada turística.

    Mas conte pra gente a sua opinião ! seja sincera hem !!!

    bjocas, Ana

  20. 15 de dezembro de 2010 às 6:56 PM

    Lu , só tome cuidado com o povo mesmo.
    Sim, a cidade é muito suja, não é a toa que é chamada de A grande favela do Brasil, mas o baiano, se você não tirar o pé do caminho, eles fazem xixi em cima de seu pé !!

  21. 15 de dezembro de 2010 às 3:07 PM

    Lú, infelizmente não gostei de Salvador. Nunca fui fresca, mas tinha muita sujeira, os lugares turísticos, principalmente o Mercado Modelo, cheiravam urina; muito, muito, muito pedinte e/ou vendedor te abordando na rua, a ponto de você sequer conseguir conversar direito com outra pessoa…
    Mas as praias são lindas e o povo em geral é MA-RA-VI-LHO-SO!
    Eu fiquei num Resort afastado da cidade, então lá curti muito. A melhor parte da viagem foi ter encontrado a Selma mesmo…
    Ah, segundo ela, quando você está acompanhado de um soteropolitano as coisas são bem diferentes (pelo menos com relação às abordagens inconvenientes)…
    Mas acho que você tem que ir e tirar suas próprias conclusões. Fui há um ano atrás…quem sabe as coisas não melhoraram?
    Beijos e boa viagem!!!

  22. 15 de dezembro de 2010 às 1:35 PM

    Então Lu…

    Eu fui há 10 anos atrás, então imagino que muita coisa tenha mudado, assim espero.
    A cidade é linda, as pessoas são receptivas mas achei a estrutura de turismo muito precária. Muita sujeira na cidade, banheiros imundos, muitos pedintes abordando a gente para pedir algo ou vender fitinhas, principalmente no centro da cidade. Na região do mercadão, bem no centro era muito sujo, não tinha condições de comer em nenhum lugar (e olha que não sou nada fresca).
    Espero que nenhum soteropolitano fique triste comigo, afinal toda grande cidade tem seus problemas. Espero que tenham sido resolvidos.

    Mas o saldo da viagem foi positivo, tem lugares lindos (esqueci das igrejas que são fenomenais).
    Ah, na época fui num ensaio do Olodum, numa quadra, foi a coisa mais emocionante que vi na vida! E olha que nem gosto de axé!

    Acho que é isso!
    🙂

  23. 15 de dezembro de 2010 às 12:37 PM

    Lu, eu tenho algumas críticas ao lugar, mas como fui já tem alguns anos, vou esperar suas impressões para ver se mudou algo.

    Os lugares que mais gostei são:

    – Aldeia de Arembepe – fica a 30km de Salvador – é uma aldeia hippie onde a janis Joplin morou.

    – Lagoa do Abaeté – Lugar lindo!

    – Passeio de escuna para a ilha de Itaparica

    – Projeto Tamar na praia do forte (70 km de Salvador) – maravilhoso ver as tartaruguinhas, vale a pena!

    Depois vc conta tudo ok?
    Bom passeio!!!!

  24. 15 de dezembro de 2010 às 10:28 AM

    Dica:Praia do forte e é claro o Pelourinho. ja fui e apaixonei, pretendo voltar em 2011. curti bastante e depois conta pra gente, nao esqueça as fotos. bjimmm

  25. 15 de dezembro de 2010 às 9:34 AM

    Eu só tenho uma dica: DIVIRTA-SE!!!!rs…
    Ainda não conheço salvador, então é a única que eu posso te dar!!!rs…

    Beijoooo Lu!Boa viagem!!

  1. No trackbacks yet.

Adoro comentários ! respondo todos :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: