Início > Blá blá blá, Viagens > Mandarim a língua do futuro ? ninguém merece

Mandarim a língua do futuro ? ninguém merece

Conheço alguns executivos que vão direto à China a negócios, e tenho dois colegas que estão morando lá no momento, trabalhando em uma grande empresa multinacional.É o seguinte gente – tudo balela isso de correr atrás para aprender o mandarim ou o chinês. Os executivos, as pessoas dentro dessas empresas grandes só tratam de negócios em Inglês.Na verdade, eles procuram quem fala o Inglês fluentemente, entre os estrangeiros e os próprios chineses. Aliás,um negócio muito promissor na China é aula de Inglês – eles estão pagando uma nota $$$ para professores de Business English dentro de empresas. Por isso, se você pensa que precisa aprender mandarim para o futuro, está enganadíssimo. A não ser que você queira trabalhar em uma barraquinha de feira em Shangai. 🙂 Portanto, Inglês é básico, ou você fala, ou você fala.(fluentemente, claro)

Anúncios
Categorias:Blá blá blá, Viagens
  1. Leonardo
    1 de setembro de 2011 às 2:40 PM

    Esse negócio de comparar a transição da língua do Império Romano para a língua anglo-saxã dominante (inglês) com o contexto atual é balela. É só você partir da premissa de que a linguagem sempre foi simplificando. Era uma tendência óbvia a língua sair do complexo e limitado latim para as línguas em latim vulgar como português, italiano, francês, casteliano, e foi o que aconteceu.

    No caso de hoje, você tem uma língua de fácil aprendizado que já é dominante contra uma língua que envolve não só uma nova forma de fazer gramática ou uma nova forma de escrita ou de estilística, mas também uma nova forma de semântica. Seria um retrocesso.

    A não ser que você vá morar na China, aí é evidente a necessidade. Até por que se você for morar na Coreia ou na Tailandia, obviamente você deve aprender costumes do lugar, pra não se dar mal.

    Abraço.

  2. Wellington
    29 de julho de 2011 às 3:56 PM

    我是研究中国,你会赚钱不顾中国

  3. jjuca
    16 de novembro de 2010 às 2:00 AM

    nao seria estranho dizer a um romano ha 2 mil anos que uma lingua derivada do anglo-saxao(considerada barbara na epoca) seria a lingua universal? o mundo muda e a tendencia das proximas geracoes eh a orientalizacao devido a RD da China. em 50 anos ela vai ser a 1 economia do mundo passando os EUA e qm nao falar mandarim ta atras, gostando, odiando ou estranhando. Provavel que seus netos acharao estranho este post, lingua estranha? rs.. tem que ter uma visao mais aberta, ah e antes que me xinguem sou economista e eh fato o que falei nao to inventando. bjo gata =*

  4. Stephan
    4 de agosto de 2010 às 11:01 AM

    Vc não está errada, porém não está 100% certa. Veja só.
    Pra quem pensa em trabalhar com relações internacionais, é muito bom que saiba a língua deles, pois se falarmos de importações e exportações, temos que incluir a China na conversa. Hoje mais de 80% dos produtos que temos no Brasil, em nossas casas, são feitos na China ou produzidos por chineses.
    Um profissional que sabe falar a língua do cliente, tem 75% a mais de chances de convencê-lo, isso é fato… Pra quem pensa em trabalhar num mercado direto com a China, eu acho indispensável o mandarim, mesmo que tudo seja negociado em inglês.
    De resto, teu texto tem muuuito sentido. Congratulations!!!! ;P
    *OBS. Não ví boys comentar aqui, espero que não seja um Blog só de meninas, ou então eu estou pagando um mico…aushuahsuahsuas

  5. 31 de maio de 2010 às 12:22 PM

    Vcs estão completamente enganados.
    Aqui na Chin falo chinês fluente e tenho tomado muito trabalho desse pessoal que só fala inglês. Aqui minha concorrência é mínima.. minha hora de trabalh é cara, e geralmente trabalho com oficiais..
    Tomara que muitos brasileiros pensem como vocês.. pq o paraibano aqui vai se sentir bem mais avontade.

    • Felipe
      31 de maio de 2010 às 12:40 PM

      “AVONTADE” ….. LOL
      LU
      O BLOG TEM QUE PASSAR UMA PENEIRA DE QI PARA AS PESSOAS QUE ENTRAM AQUI.

      ABR

      • LuRussa
        31 de maio de 2010 às 12:47 PM

        kkkkkkkkkkkkkkkkk

        poxa, meu blog é democratico !! todo comment é bem vindo..:)

    • Ana Laura
      31 de maio de 2010 às 12:45 PM

      Nossa, Lu, as pessoas vem aqui e se ofendem verdadeiramente soh por vc e outros terem opinioes distindas . Pessoas inseguras, neh ? Eu acho o maximo diferentes opinioes e pontos de vista, por isso adoro conversar com vc !

      Eu estou contigo e nao abro mao..risos

      Alias, essas pessoas te dao um super ibope hein !! risos…

      seu blog eh o maximo ! parabens, garotinha

      bjos

      Lau ( venha me visitar em Boston !!! )

      • LuRussa
        31 de maio de 2010 às 12:47 PM

        Ibope é bom 🙂

  6. 30 de maio de 2010 às 10:14 PM

    Oi Lu !

    Eu concordo contigo plenamente !

    Qual a fncao de aprender uma lingua tao mais dificil, se já faz tempo que o ingles é a lingua internacional ?? Se tantas pessoas já a utilizam como linga de trabalho ??
    Eu tambem sou professora de Ingles. Ainda nao tenho a tua experiencia. Faz eu tempinho que te acompanho, sou irma da Fabi Sereia. Acho o máximo as tuas viagens. Em termos de lingua, nao a nada mais enriquecedor.

    Parabens por fazer um dos blogs que mais agregam no nosso dia a dia !!

    Um beijao !!

  7. 29 de maio de 2010 às 8:17 PM

    Que alivio hein! rs
    beijao

  8. monica
    29 de maio de 2010 às 7:53 PM

    Voce a toda momento que venho aqui me dá a exata nição de que é uma moça culta e muito acertada nos comentarios.
    com carinho Monica

  9. 29 de maio de 2010 às 7:06 PM

    Também não consigo ver mandarim como idioma do futuro. Só estudaria se eu gostasse muito, mas não me identifico. Teve uma época que era moda estudar esperanto, algumas pessoas faziam cursos, diziam que seria a língua do futuro, mas durou pouco.

    Inglês além de estar presente ma vida diária(rádio, nomes de produtos, informática, etc), é prático. Desde pequena me fizeram estudar inglês e se não fosse por isso, teria perdido muitas oportunidades.

  10. 29 de maio de 2010 às 4:52 PM

    Ai, India e China eu risquei do mapa. Ja li as piores barbaridades sobre ambos. Na India ha aldeia onde criancas de 3, 4 anos ja sao preparadas para se prostituirem servindo todos os homens da vila (purifica os marmanjos dos pecados). Depois claro tem hemorragia e sangram ate morrer. Na China uma holandesa uma vez denunciou a policia uma menina de 9 anos que estava acorrentada na casa de um velho de 90 e era escrava sexual dele (tinha sido vendida a ele pela propria familia dela). Os policiais a soltaram mas deram um passa fora na turista holandesa dizendo: “se formos sair de vila em vila libertando todas escravinhas sexuais nao fazemos nada mais na vida. Isso nao tem fim”. Em outro documentario um bebe recem nascido feminino estava ha dias no chao, ate que alguem se comoveu e jogou no lixo. Pois e’, culturas antiquissimas e complexas mas onde muitos seres humanos valem menos que ratos.
    Mandarim so pra quem for morar mesmo na China e precisa se integrar nas manhas dos chinas. Fazer negocios so em ingles mesmo. To contigo e nao abro.

    • 29 de maio de 2010 às 6:45 PM

      tbém tô contigo, e coincidentemente eu tbém já havia riscado China e India da minha listinha de desejos de viagens…não gastar meu dinheiro nesses países que tratam o ser humano como ratos..

    • 29 de maio de 2010 às 6:46 PM

      E mais, eu não iria aguentar ver essas atrocidades e não fazer nada, ser a turista burrinha q só enxerga coisa bonita…isso não é pra mim.

  11. Sheila
    29 de maio de 2010 às 4:23 PM

    não tem vontade de ir pra China ?

    • LuRussa
      29 de maio de 2010 às 4:25 PM

      Para dizer a verdade, quando eu era mais jovem, com o senso crítico menos afiado,eu tinha vontade sim. Mas agora não tenho nenhuma vontade de ir para aquele país. Acho um país meio cruel sabe, a respeito de direitos humanos, direito dos animais, a política do país, não me faz ter vontade de ir pra lá.

    • LuRussa
      29 de maio de 2010 às 4:26 PM

      quero mto conhecer o Japão !

  12. 29 de maio de 2010 às 4:11 PM

    E olha que até estava com vontade de entrar em uma escola para aprender Mandarim. Acho melhor começar por mais uma lingua latina.. O Inglês é fundamental e aqui no Brasil será importante ter mais pessoas fluentes para recebermos turistas.

  13. Thabita
    29 de maio de 2010 às 1:23 PM

    Acho muito importante aprender uma nova lingua, mas não podemos esquecer que o inglês é o que vale mesmo.
    Aprender o mandarim seria ótimo como diferencial.

    Muito bom o post…
    Bjos.

    • 29 de maio de 2010 às 2:01 PM

      é..qualquer outra lingua a não ser Inglês e Espanhol (que já está sendo falado no mundo todo tbém ), fica como diferencial. Mas o basico do básico do básico é Inglês.

  14. 29 de maio de 2010 às 9:41 AM

    Pois, é!
    Na verdade o chinglês, né!
    Uma vez que a pronuncia deles é PÉSSIMAAAAA!
    Os que se formaram nos EUA, nas grandes faculdades do exterior falam um bom inglês, agora os chineses, misericódia!!!rsrsrs
    Meu marido AMA ir à China, nossa, eu acho incrível isso, ficar dois dias “voando”sem banho, sem dormir direito e a pessoa ainda vai feliz da vida!!! kkkk
    Mas é isso aí, inglês continua a língua universal e pra mim o segundo lugar vai pro castelhano!
    bjokas

  1. No trackbacks yet.

Adoro comentários ! respondo todos :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: