Início > Holanda, Tour2010 > Red Light District – Eu já falei de pinto, agora é hora de falar de puta !

Red Light District – Eu já falei de pinto, agora é hora de falar de puta !

O Red Light District em Amsterdam quer dizer em português Distrito da Luz Vermelha. É onde tem aquelas vitrines com as prostitutas, sabe ?? Então elas ficam lá nas vitrines, se exibindo para clientes em potencial e claro, turistas curiosos ( que são 90% do povo..rsrsrs). Essas prostitutas são totalmente legalizadas pelo governo e até pagam impostos !!! muitas vezes eu vi policiais passando de vitrine em vitrine , pedindo a documentação delas. É tudo legalizado. Lá perto das vitrinis é proibido tirar fotos, você pode ter sua câmera confiscada ou até preso, o lance é sério. No Red Light District também há muitas casas de shows eróticos, sexo ao vivo,lojinhas de sex shop e coisas do tipo, sem contar as lanchonetes que vendem maconha ( que tbém é legalizada ).

Agora uma coisa, não pensem que nesse Red Light District é um distrito perigoso e afastado da cidade, NÃOOOOOOOOOOO !! é simplesmente o coração de Amsterdam. É bem no centro mesmo, ao lado dos canais super bonitos,onde todos passam diaramente, crianças indo para escola, velhos morando no lugar, igrejas perto, prédios residenciais, é simplesmente um centro normal como todos os outros, um lugar onde todos estão. E é normal. As prostitutas lá só chamam a atenção mesmo dos turistas, o povo que mora lá perto não está nem aí, é algo totalmente trivial, inclusive para crianças, que vi passando várias vezes em frente das vitrines durante o dia. Algo que faz parte da cultura de Amsterdam, ninguém liga. Só os turistas tontos que ficam de boca aberta olhando….haha…A noite é claro que o negócio ferve mais…..as prostitutas ficam mais ousadas, os clubes eróticos mais chamativos e a droga rola solta…mas mesmo assim não vi nenhum perigo a vista, olha que brasileiro tem os olhos nas costas !!! pra mim, a noite do Distrito da Luz Vermelha é muito bonita, as cores, os canais, tem uma luz especial, ótimas fotos rolaram lá. Vocês podem ver mais fotos de lá , clicando ao lado em Holanda, no Tamas do Blog.

  

Como disse, esse Distrito da Luz Vermelha, é no coração de Amsterdam, não tem como escapar dele e também não tem motivo para não querer visitar esse distrito, além de ser lindo, é divertido !!! Eu e meus amigos, que passaram o reveillon comigo, andamos pelas ruelinhas desse distrito, onde tem praticamente todas as vitrines mais TRASH de Amsterdam….rsrsrs….garotas nada comportadas hein !!! hehehe, e muitas delas dava para ver que eram homens, sabe….tinham outras que dava para ver que eram brasileiras…..Prostitutas de TODAS as idades, tamanhos, raças, etc, tem para todo o tipo de gosto…rsrs….As prostitutas não tem muito o que fazer nas vitrines…principalmente de dia, elas ficam lá lixando as unhas, falando ao telefone….rsrsrsrs…é engraçado.Muito divertido, gente, indo para Amsterdam, tem que passear pelas putas !!!

PS. medo do Distrito Vermelho eu jamais poderia ter, pois foi a minha estadia…rsrs…Conto com mais detalhes no próximo post.

Red Light District

Centro, Amsterdam

Preço mínimo dos programas : 50 Euros

Anúncios
Categorias:Holanda, Tour2010
  1. Melissa
    3 de março de 2011 às 7:38 PM

    Tem homens se prostituindo no red light district? Estou interessada!

  2. 30 de janeiro de 2011 às 11:17 AM

    Não tem de que, Lu. Como curto muito viajar, adorei o teu blog. Vou não apenas mencionar no meu, mas virar leitor assíduo.

    Beijo

    IR

  3. 10 de fevereiro de 2010 às 9:06 PM

    Super interessante, esse post! Já faz muitoooo tempo que conheço o teu blog e nas vezes que passei por aqui me deu uma vontade imensa de viajar pelo mundo, como mochileira mesmo.
    Já morei 2 anos na França e conheci um pedacinho da Europa _ sempre que vejo essas fotos sinto uma saudade tão grande, mas tão grande que a única coisa que me vem à cabeça e largar tudo e voltar, nem que seja por pouco tempo.
    Bem, 2010 para mim será um ano de determinação e cumprimento de metas, após conseguir emagrecer [pelo menos] boa parte do que preciso, meu próximo objetivo será passar um tempo novamente na Europa [e conhecer muitaaa coisa que não conheci da primeira vez!].
    [sobre o emagrecimento] SIM, nós vamos conseguir! 😉

    • 11 de fevereiro de 2010 às 8:29 AM

      Que bom que vc está super animada !!! muito sucesso pra vc !! bjos

  4. 10 de fevereiro de 2010 às 4:02 AM

    Oi Lu !
    respondendo a sua pergunta abaixo:
    “Oi Anita ! interessante seu comentário…
    Agora eu fico pensando. Vi várias vezes os policiais entrando nas cabines e checando seus documentos.
    Se elas sao contrabandiadas, enganadas e tal, como elas sao legalizadas e pagam impostos ?? como rola isso ???? nao entendi…

    Se vc puder me responder, por curiosidade mesmo”
    Ora Lu, elas tem tudo legalizados mesmo. Passaporte, registro e tal. Trabalham sob coacao proque as familias (pais e filhos) nos paises de origem sofrem ameacas verbais e fisicas regularmente. Portanto nao abrem a boca para a policia.Como disse antes: nao e’ a maioria, mas uma parte. Estao viciadas e dependentes tambem… E ja foram “amaciadas”, nao falam holandes… Trabalham sob medo, ameacas e desesperanca. As vezes tem uma ou outra que surta no meio da rua, por nao aguentar mais. Muito comum verem elas surtarem…

    • 11 de fevereiro de 2010 às 8:30 AM

      Com certeza é uma parte né Anita, por que tinham uns lá super sem vergonhas e tal, que sabiam direitinho o q estavam fazendo….agora, tinham outras que pelo amor de Deus…afff

  5. 9 de fevereiro de 2010 às 10:13 PM

    Lú, seu blog é maravilhoso. Cada vez que venho aqui viajo junto com você! Nunca saí do Brasil, e poucas vezes saí do Rio de Janeiro… mal conheço o Rio de Janeiro! Mas expetacular ver seu rosto de felicidade e ler os seus relatos. Lindo demais!

    • 11 de fevereiro de 2010 às 8:30 AM

      Obrigada , Cris !!!! :)))

  6. 9 de fevereiro de 2010 às 4:13 PM

    Lu, a maioria parece mesmo blase. Outras tem cara de nao saberem como foram parar ali, totalmente em choque. Nao esquecam que junto ao fabrico de armas e o trafico de drogas, o contrabando humano de mulheres e criancas formam as maiores industrias do planeta. Muitas mulheres da Europa Oriental buscam agencias de empregos nos seus proprios paises e sao recrutadas como “au pair” (baby sitter) para trabalhar no exterior (Holanda, Suica, Grecia, Espanha). Vem em grupos organizados por essas agencias de viagens tranbiqueiras em onibus pensando que vao numa excursao de trabalho honesto para o exterior. Tem os passaportes confiscados e sao “amaciadas” durante meses no pais de destino. A “Climatizacao” acontece por estupros sistematicos, isolamento total e apanhando muito e sendo forcadas a drogas. Chegam aos quartinhos de prostituicao totalmente sem vontade propria e com o carater destruido. Se disserem algo a policia holandesa ou pedirem socorro tem filhos, e familia ameacados no pais de origem. Brabo viu ? As policias de varios paises estao de cabelos em pe !! Ha varias ex-prostitutas na Holanda que de maneira rocambolesca conseguiram fugir num momento que recobram a lucidez (as vezes de calcinha e sutia em pleno inverno) e passam a viver o resto das vidas com identidade trocada e mudando de endereco a cada 6 meses, com panico da propria sombra. Como sei de isso tudo ? Lendo varios artigos de Marie Claire holandesa, vendo documentarios na TV, lendo jornais, etc. .

  7. 9 de fevereiro de 2010 às 10:28 AM

    Oi querida! Só agora vi seu recadinho no blog, estava sem acesso a ele. Meu e-mail é: luexgordinha@yahoo.com.br 🙂

    Beijocas

  8. 9 de fevereiro de 2010 às 7:46 AM

    Ehhhh … é mesmo não se pode ir lá sem passar pelo Red District, ehhh …

    ** O secador alisador é Maravilhoso e não parte o cabelo não , uma Maravilha mesmo Recomendo:)

    Bjo

  9. dalva
    8 de fevereiro de 2010 às 3:12 PM

    adoro ler seu blog.Viajo com você.
    minha filha tem ainda dois anos de inglês. falei que ao se formar se tiver falando fluentemente ganhárá a tao sonhada viajem a Amsterdã.
    disse a ela que iria pegar dicas com vocÊ.
    quando vir a Curitiba
    é so me contactar.
    abraços

    • 8 de fevereiro de 2010 às 3:51 PM

      obrigada , Dalva !! :)))
      da próxima vez, deixa o end do seu blog ou e-mail
      bjos

  10. 8 de fevereiro de 2010 às 1:28 PM

    Que pena que não descobri isso antes! Poderia ter feito carreira de puta na Holanda!!!!!

    Acho legal ser visto como algo normal, afinal a vida é curta e não há motivos para tanto preconceito, né?

    Morri de rir quando vc disse que brasileiro tem olhos nas costas. Eu que o diga! Ando sempre com medo pelas ruas.

    • 8 de fevereiro de 2010 às 2:01 PM

      Nós brasileiros já somos espertos por natureza…difícil enganarem a gente !!! 🙂

  11. 8 de fevereiro de 2010 às 10:12 AM

    Eu tô lendo tudinho sobre a sua viagem, e tô fascinada! É que não dá prá comentar sempre, mas tô por aqui, viu?

    Ah, mudei de blog, se puder, muda nos seus links…

    Beijão!

  12. Pri
    7 de fevereiro de 2010 às 5:28 PM

    Ahhh que barato… imagina passar pela vitrine e ver as moças lixando as unhas? kkk
    adorei!!!!!!!!!!!!!!!!

    A cada post seu dá vontade de conhecer os lugares.. acredito que se vc for para o Iraque, fotografar e postar, vamos ficar igualmente na vontade.. tudo o que vc coloca aqui vira algo esplendido.

    beijo

  13. Ivy
    7 de fevereiro de 2010 às 10:08 AM

    Lu, cada post seu verdadeiramente é uma viagem… adoro… Bom fim de semana!!!

  1. 26 de outubro de 2016 às 8:56 AM

Adoro comentários ! respondo todos :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: