17:00

17:00 e chuva = vontade de comer

 

Para eu não sair do trabalho e dar uma corridinha na Padaria XV (uma padaria aqui da minha cidade), eu decidi escrever sobre comida. MAS ! vou falar das comidas que eu não gostei, assim minha fome passa !! rsrsrs Acabei de ler um post no blog de um amigo e me incentivou no assunto.
Em todos os países que eu morei ou visitei, nunca fui fresca com comida, sempre aceitei tudo, bom, quase tudo, e não reclamava muito não. Bom, não sei qual seria minha reação ao ir a China e me deparar com escorpiões e coisas parecidas… Mas….!
O que eu não gostava na Rússia era daquele repolho doce-azedo que eles conservavam em vidros ( imaginem o odor !!!! ) e depois comiam FRIO !!! . Muitas vezes eles comiam aquele repolho com carne de porco, mas a maioria das vezes era frio mesmo, acompanhando a boa e velha vodca, é claro. E a cor do repolho era o que me deixava indignada….era mais ou menos rosa….o que será que eles colocavam para ficar daquele jeito ????? será que somente por deixar azedar e adocicar já fica cor-de-rosa ?? mais um mistério russo…
Outra coisa que não gostava era da comida na Inglaterra, quando eu morava lá, lá no ano de 1998-1999, faz tempo…… mas lembro muito bem que eu DETESTAVA a comida que a mulher preparava lá na casa onde eu fiquei. O grande defeito que eu achava era a falta de gosto, não tinha sal, nem pimenta, nem açúcar , nem nada, nenhum tempero…. E todas as casas inglesas que eu fiz refeição eram a mesma coisas. Isso sem contar aquele famoso “chicken curry “da Inglaterra. Frango com curry, o prato que faz mais sucesso entre os ingleses, um prato de origem Indiano.
Agora nada se compara as saladas na Finlândia !!!! era alface, uva, abacaxi e tomate tudo junto na mesma tigela ! eles tinham essa mania de misturar frutas com verduras o tempo todo, sem ter muito sentido. O mais comum era cenoura ralada com melancia e abacaxi, muito diferentes para nós, brasileiros. Claro que comia, pois adoro qualquer tipo de salada, mas não fiquei muito fan dessas misturebas não …
Mas na Turquia foi o choque……rs ….. Comi sanduíche de intestino de carneiro e bunda de vaca. Olha, eu não pensei muito no intestino dele, sabe…a carne até que era bem suave e macia, então até que foi…. Mas a bunda da vaca não deu. Eu comi um pedaço e não consegui comer o resto, muito difícil acontecer isso comigo, pois mesmo q eu não goste muito, eu não jogo fora, mas esse não deu. A carne da bunda da vaca era extremamente dura e o gosto é muito forte, muito mesmo. A cor da carne é bem escura, bem preta, e fica bem cheio de fios por ser muito dura. Nossa como eu odiei ter comido aquilo.
Bom, são ossos do ofício….:)

Anúncios
Categorias:Blá blá blá
  1. 20 de fevereiro de 2010 às 4:02 PM

    Oi Lu, tudo bem? Tava dando uma passeada no seu blog, como ele está mudado! Tive que deixar um comentário aqui… Primeiro porque eu era FASCINADA pelo Kevin Bacon quando eu era adolescente, principalmente por causa do filme Footloose! Segundo porque tenho um livro (Bagunçado ou Bem Guardado?), que escrevi e que está sendo analisado por uma editora na Finlândia (rs rs), terceiro porque fiquei horrorizada por você viajar pela Finlândia (vai viajar assim lá na Conchinchina!!!! – Sei lá como se escreve isso rs rs), quarto porque queria te perguntar se você já viu um filme (Documentário) que fala de um encontro com a Demi Moore (acho que é ‘my date with Demi Moore’) e ele menciona esse jogo, não com o Kevin Bacon, mas como a Demi Moore… E quinto porque sou do signo de virgem também! (Nada a ver hehehehehe)

  1. No trackbacks yet.

Adoro comentários ! respondo todos :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: