Início > Rússia, Reflexões > Medo de mudar, não tenho !

Medo de mudar, não tenho !

Medo de mudar, eu não tenho !!!

ru

Pois é… muitas pessoas sofrem desse medo, o medo da mudança, o medo do novo, imagino que chato seria se continuássemos sempre na mesma e nunca mudarmos de idéia ou de conceitos, que marasmo ! Para mim é o seguinte : ESTOU VIVA-LOGO MUDO. Mudo de opinião, mudo de idéia, mudo de gosto, mudo de estilo, mudo minhas preferências, mudo de cidade,mudo de trabalho, mudo de namorado, se for preciso mudo meu destino !
Só uma coisa não vale nesse jogo da mudança — ser desonesto com você e com as pessoas ao seu redor. Não há defeito pior numa pessoa que não seja a covardia e o medo de enfrentar os problemas. Muitas vezes a verdade dói, mas é necessária, faz parte de sua integridade como ser humano. Qualquer mudança requer conseqüências, graves ou não, se afetar alguém que está ao seu redor, não esconda nada dessa pessoa. Não tenha medo da vida, você nunca será feliz assim, tenha coragem de mudar seu destino, tenha força para mudar sua linha do horizonte, se você estiver infeliz, seja valente o suficiente para reverter essa situação e busque pela sua felicidade, talvez você nunca chegue à essa tal felicidade, mas a busca e os sonhos de que ela existe te farão faliz.O caminho para felicidade é a felicidade. Não seja um covarde,não se acomode, as pessoas covardes são miseráveis de alma e coração, são seres mortos e só seus corpos estão presentes nesse planeta.

O outro lado da mudança…
Eu entendo perfeitamente por que os russos não gostam de mudanças e tem um medo tremendo de mudar. Eles até tem medo de experimentar uma receita nova, uma macarronada típica italiana a qual nunca experimentaram. (uma vez eu fiz uma macarronada maravilhosa para meus amigos russos provarem uma comida diferente, foi o maior sacrifício da minha vida fazer com que eles colocassem um simples macarrãozinho em suas bocas, mas consegui depois de algumas horas dizendo que era bom).
Esse medo da mudança com certeza está relacionado com a época da perestroika, isso não há dúvidas, e por isso que eu os entendo, afinal, são cinco anos vindo para Rússia, eu tenho o dever de entender os russos !

Anúncios
Categorias:Rússia, Reflexões
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Adoro comentários ! respondo todos :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: